(2000)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.5/5Francisco Francisco 24 de Abril de 2011 às 15:24

Os meios movidos para a realização do filme são, para a realidade portuguesa, bastante acima de médias e invulgares: bastantes tanques, uma multidão quase semelhante à do dia da revolução, etc.

Mas em relação ao rigor histórico... o filme peca por parecer propaganda, por tentar fazer do golpe algo tão poético e desprovido de interesses ocultos, interesses que existiam: os estatutos dos militares, a influência soviética e comunista no golpe, os interesses estrangeiros em que saíssemos do Ultramar, entre outros.

Deviam ter abordado o golpe como ele realmente foi, e não tentar fazer dele uma história de simples fantasia e quase manipulação.

3.0/5Avó Lurdes Avó Lurdes 6 de Abril de 2011 às 14:40

É sempre bom recordar um dos momentos mais importantes da História do nosso país, embora tenha a dizer que não achei que o filme tenha consistência para fazer jus a tão aclamado momento.

Esperava muito mais... e não tenho a certeza de ser totalmente fiel à realidade.

*Comentário Nº 108 de uma velhota que pretende aproveitar a reforma vendo todos os filmes possíveis, guiando-me pela ordem que apresentam aqui no maravilhoso Cinema PT Gate!*

1.0/5Fernão Fernão 15 de Agosto de 2009 às 01:50

Boa Noite Sr. Paulo Freitas.
Dizer desde de já que não sou o que comentou este filme, esse é o meu neto. Venho apenas corrigir-lhe o que disse de terem falecido 3 pessoas, foi de facto 4 pessoas, abatidas por acossiados da P.I.D.E.
Agora o meu comentário relativamente a este filme.
Fraco no sentido de não demonstrar correctamente este momento da História, sei porque estava lá.
Quero pedir desculpa pelos comentários feitos pelo meu neto, ainda é ingénuo e pouco apanha das histórias que lhe são contadas.
Bem Haja

PauloFreitas PauloFreitas 9 de Julho de 2009 às 14:46

Só uma pequena correcção Eldest: Caso não saibas, morreram 3 pessoas em prol da Revolução de Abril ;)
Pessoalmente, considero este filme um bom filme que retrata bastante bem um dos momentos mais importantes da História de Portugal.
Só não percebo o porque de terem escolhido o actor italiano, para depois lhe terem dobrado a voz com o João Reis.
Se alguem souber o porque gostava que me dissesse.

2.5/5Luiz Luiz 1 de Agosto de 2008 às 18:00

Temos que enaltecer a Maria de Medeiros pela iniciativa, mas o momento histórica nacional merecia um filme melhor

1.0/5Fernão Fernão 26 de Junho de 2008 às 00:36

Correçao : Para quem se dá...xD

1.0/5Fernão Fernão 26 de Junho de 2008 às 00:35

Podia ser melhor, mas, para quem não se dá ao trabalho de ler ou ouvir descrições do dia "25 de Abril", perceberá que foi a revolução mais ensaiada em toda a história mundial. Vejamos o seguinte:
- Não se deu nem se quer um tiro e nem morreu uma unica pessoa por motivo da revolução (o que é bom, mas é raro, muito raro)
- Os ministros renderam-se a homems que possuiam armas com cravos nos canos "Rende-te Marcelo Caetano, senão dou-te um cravo no peito, e tás tramado"(é simplesmente ...)
- e muitos outros...
Onde eu quero chegar é, que este filme, apesar do excelente esforço da parte de Maria de Medeiros, é uma "boa caca", a unica coisa boa e que retrata bem a sociedade submetida ao regime ditaturial, de resto, tudo tangas, para mim...nada posso dizer mais, são só opinioes, nao vivi na epoca

3.0/5Valverde Valverde 6 de Maio de 2008 às 09:49

É pena que tão importante momento na história portuguesa, possua um filme tão mediocre sem qualquer ambição e tão pouco realista. Parece que estamos numa aula de história onde vemos actores actuar como se estivessem num palco, murmurando dialogos que parecem ser lidos num rodapé qualquer.

3.5/5xatafakap xatafakap 20 de Novembro de 2007 às 20:06

Maria de Medeiros merece um enorme aplauso! Esta história há muito que merecia um filme. Gosto sempre de o ver no dia certo.

5.0/5João João 7 de Novembro de 2007 às 18:33

Brilhante este filme! Toda a juventude deveria ver isto, para perceber verdadeiramente o que foi o 25 de Abril. Brutalíssimo!

1.5/5Rui Francisco Pereira Rui Francisco Pereira 19 de Agosto de 2007 às 14:57

Mais outra porcaria portuguesa.
Tanques a entrarem em Lisboa com Mapas???!!!

5.0/5Susana Susana 7 de Agosto de 2007 às 02:23

Do melhor realizado em Portugal. 5*

4.5/5MantorrasBranko MantorrasBranko 19 de Julho de 2007 às 00:36

Um filme muito bom que demonstra como foi aquele dia e transmite essa sensação de liberdade repentina e do entusiasmo que trouxe, sente-se como foi especial e é fascinante ver os tanques na cidade e os cravos nas espingardas, quase tudo pacificamente e eficaz.

jonas
jonas 25 de Abril de 2007

o melhor filme portugues que vi ate hoje ;) 3.5* Democracia e Liberdade para sempre! Salgueiro Maia um idolo para todo o sempre

Vitor Carvalho
Vitor Carvalho 20 de Junho de 2006

Mais do que tudo o que foi dito aqui, Capitães de Abril é um filme que realça a importância de um grupo de homens, principalmente um homem - Salgueiro Maia - que infelizmente foram esquecidos pela sociedade actual!

marta borges
marta borges 27 de Abril de 2006

não tendo mais palavras para o descrever, considero este filme realmente espectacular. É o retrato de uma sociedade que, 40 anos depois da instaureção de uma ditadura fechada, conhece finalmente os caminhos da liberdade e da democracia. Parabéns a todos que trabalharam neste filme!!!

paulo
paulo 24 de Maio de 2004

acho o filme porreiro porque demostra como foi arevolução á 30 anos atrás

mariana
mariana 10 de Março de 2004

deve ser muito interresante mas. mas mesmo assim melhor deve ser ter estado la

daniela de souza rodrigues
daniela de souza rodrigues 14 de Janeiro de 2004

Capitães de Abril é muito poético, consegue nos traduzir toda a emoção do povo no momento em que vai as ruas apoiar os militares. esclarece muito sobre a Revoluçao dos carvos e a faz tornar-se muito clara para todos nós.

Capitães de Abril
Capitães de Abril 10 de Novembro de 2003

é um filme espectacular e interessante