John Q. (2002)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.0/5mister-pink mister-pink 13 de Outubro de 2011 às 23:41

Era suposto falar sobre a conduta que acontece nos estados unidos de como o planeamento da saúde é feito, e acaba só por ser citado porque querem comover o espectador com uma história como todas as outras, é um filme projectado a isso, ou seja é suposto emocionar-mos com o guião nada mais ! Sinceramente filmes assim apenas com esse intuito sinto que é algo enganador e de tal forma nada ou pouco me comove .

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 31 de Agosto de 2011 às 12:37

Uma história tocante sobre a questão "até onde iria por um filho?" Denzel Washington esteve, mais uma vez, muito bem.

4.5/5Vitinha Vitinha 14 de Outubro de 2010 às 22:26

Excelente drama,espectacular prestaçao de Denzel Washington e do miudo que faz de filho do seu personagem,John Q.,muito expressivo mesmo...Um filme poderoso com várias mensagens a passar,comovente e que dá uma vontade enorme de viver,excelente mesmo,nao sou muito lamechas,mas deste nao escapei sem chorar,um drama muito humano,muito bom e totalmente aconselhavel

4,5*

3.5/5Frankie Freaky Frankie Freaky 25 de Junho de 2010 às 10:37

Este é um daqueles filmes para ver a olho nú, deixando de lado a lupa crítica. Com presenças de peso, consegue chegar ao coração dos espectadores mais sensíveis, que se propõem a entregar-se ao melodrama, à lágrima fácil e ao sentimentalismo extremo com os quais a película nos atropela.

No entanto, tem, na minha opinião, como falha principal, o facto de ser subjectivo e manipulador, levando-nos a simpatizar, apenas, com um dos lados da barricada, em relação à questão moral e ética que levanta; um filme deste género deveria deixar-nos divididos, pois só assim nos impeliria a reflectir.

Esta película é um fetiche populista, uma propaganda condicionante, e tem de ser aceite como tal. Comove e, só por isso, já merece ser visto as vezes que o coração mandar.

*91º comentário cinematográfico*

3.5/5ff ff 31 de Março de 2009 às 21:01

Achei bastante bom, e apesar de tambem achar que é um bocadinho forçado nos momentos destinados a provocar emoçoes, nao deixa de ser uma bonita mensagem que é trasmitida e uma boa interpretaçao de Denzel Washington.
4 estrelas

3.5/5Rolling-Murray Rolling-Murray 30 de Agosto de 2008 às 19:21

Uma das críticas que desde muito cedo vi apontadas a este filme é a de recorrer à "lágrima fácil" para cativar o espectador. Sendo isso um defeito ou não, a verdade é que funciona, pois não conseguimos evitar estar ao lado do protagonista e sentir-nos revoltados com o funcionamento do sistema e um pragmatismo tal que a morte (evitável) de uma criança é considerada uma perda aceitável. Como crítica ao sistema de saúde norte-americano, ainda que feita de um modo algo inverosímil, funciona muito bem e o elenco, recheado de pesos-pesados, ajuda a levar o filme acima da mediocridade.

5.0/5Bruno Bruno 7 de Outubro de 2007 às 12:20

Comovente.
Um bom filme de Denzel Washington.
3*

Hugo Gomes
Hugo Gomes 25 de Janeiro de 2007

Emocionante? È pois, mas há algo de errado no filme. Nick Cassavetes esteve mais interessado em construir um panfleto visual do que um thriller de primeira linha. Fica-se pelas boas intensões e outra maravilhosa interpretação de Denzel Washington

Mariana Menino
Mariana Menino 23 de Novembro de 2006

intenso, mas com final vulgar... mesmo assim aconselho a ver...denzel dá brilho ao filme... 3.5*/5*

Frederico Silva
Frederico Silva 21 de Novembro de 2006

Filme a ver... Boa interpretaçao de Denzel, como sempre.

EWILAN
EWILAN 2 de Abril de 2005

É intenso, mas acaba como seria precisível.