(2002)

poster

Sugerir blog


Se achar que merecemos, p.f. coloque um link para esta p‡gina. Agradecemos o seu contributo!

Para submeter um link faça login ou registe-se

blogs

4.0/5Gaspar Noé – Irreversível
Gaspar Noé consegue ao longo do filme retratar a agonia humana na perfeição, desde os créditos iniciais, aos movimentos anormais da câmara, a banda sonora a palpitar e a acelerar consoante o desespero em que é envolvido os personagens, chegando a um final que não nos deixa indiferentes.”
artedramacinema.com, 14/Nov/2010
5.0/5Irreversível / Irréversible (2002)
Despoletado através de um exímio encargo técnico e uma indagação argumentativa espirituosa e eloquente, Irreversível fomenta-se como um convoluto eixo de genialidade cinemática.”
seeSAWseen, 25/Mai/2010
5.0/5Irreversível, por Roberto Simões
Chocante e atordoante, incómodo e inconveniente, maculado e doentio, desiludido, sem esperança. «Irreversível» é assim: uma experiência ultra-sensorial que nos prende por inteiro, transportando-nos, ao mesmo tempo, do mais inquietante dos pesadelos ao absoluto apaziguamento existencial.”
Cineroad, 16/Out/2009
4.0/5Cinema Paraíso - Irreversível
(...) Irreversível são 97 minutos de uma agonia inigualável, desde os créditos iniciais até à última cena. Apesar de ser incomensuravelmente nojento, é de um rigoroso realismo, o que poderá dar ainda mais a volta ao estômago do espectador.”
Para Acabar de Vez com a Cultura, 6/Ago/2009
4.5/5Irréversible (2002)
Puro, duro e real; filmes como estes povoam o imaginário do cinéfilo mais atento do bom e por vezes ignorado cinema que se faz em França.”
Cinematograficamente falando, 6/Ago/2008