(2003)

poster

a crítica

Perturba sabermos que o filme tem algumas boas ideias, quase todas inutilizadas por uma realização serviçal e um argumento pastelão. A figura do exterminador foi ridicularizada e dele restam apenas imagens insípidas de uma figura outrora assombrosa”
Tiago Pimentel, Premiere
O desfecho do filme é curioso. Mas (...) as sempiternas sequências de perseguição e tiroteio em que tudo se agita e nada se move, o cerne do filme, é de uma pobreza irremível.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso