(2002)

poster

a crítica

I like all this stuff, at least when it's done well. Diesel's gruff, monosyllabic style is refreshing as a counterpoint to the gung-ho action, and the romantic scenes with the beautiful Yelena consist of two kisses, because Xander has a world to save.”
Roger Ebert, Sun-Times
(...) a geração MTV encontrou o seu James Bond. Não, não é Austin Powers, é uma nova raça de agente secreto: Xander Cage, XXX, Triple X. Um currículo de desportos radicais é quanto basta para livrar o mundo do mal pós-comunista.”
Kathleen Gomes, Público