Basta (2002)

Enough

poster

Sinopse

A vida de Slim, uma empregada de mesa, transforma-se quando ela casa com Mitch, um empreiteiro. Ela tem tudo o que quer: um marido carinhoso, uma casa bonita e Gracie, a sua filha. O seu sonho é destruído quando ela descobre que o seu marido é tudo menos perfeito. O seu comportamento abusivo força-a a fugir. Quando, apesar do seu empenho para refazer a sua vida, Mitch a encontra e ameaça de novo, ela coloca Gracie em segurança e fortalece-se mental e fisicamente para provar a Mitch que para ela basta.



Visitantes
Visitantes
2.9 (116 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
1.0
galeria

Detalhes

Ano: 2002
Estreia nacional: 08 de Novembro de 2002
Estreia mundial: 24 de Maio de 2002

País: EUA
Género: Drama, Thriller

Realização:
Michael Apted

Intérpretes:
Jennifer Lopez, Bill Campbell, Juliette Lewis, Dan Futterman, Noah Wyle

Links:
www.sonypictures.com/movies/enough (site oficial)
a772.g.akamai.net/5/772/51/d3ade0bfe95a8c/1a1a1aaa2198c62... (trailers)

A crítica

It's surprising to see a director like Michael Apted and an actress like Jennifer Lopez associated with such tacky material. It is possible to imagine this story being told in a good film, but that... mais ››
Roger Ebert, Sun-Times
É tudo perfeito, como no pronto-a-vestir, mas o filme tem a inanidade de um objecto que se esgota no seu enunciado: contada a história, não há rigorosamente mais nada a acrescentar à sinopse.”
António Cabrita, Expresso

Blogs

2.5/5Basta (bué de fitas)
apesar de ser um filme de matiné, basta / enough é interessante, com boas interpretações e pontuais momentos de suspense. a evolução das personagens centrais é credível e coerente (...)”
buedefitas.blogspot.pt, 29/Mai/2012
1.5/5Enough
O filme atribui-se como um vulgar panfleto contra a violência doméstica, tendo como solução de gerir ainda mais violência, e pior assume-se como um pseudo-thriller alienado que não faz um esforço para aguentar o ritmo inicial até ao fim (...)”
Cinematograficamente falando, 1/Ago/2007
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 27 de Junho de 2013 às 02:20

Vê-se bem muito por conta de algumas boas interpretações. Poderia ser melhor se não tivesse aqueles momentos do género "campanha institucional/motivacional" quando passam aquelas mensagens a meio do filme.

2.0/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 14 de Março de 2011 às 16:28

O filme em si é mau. Pronto, vá lá, para filme de tv safa-se. Vale pelo tema que aborda. Se fiquei com vontade de mandar uns valentes uppercuts pelos queixos daquele animal nojento e desprezível acima, é porque o filme é eficaz.

É descartável, mastiga-se e deita-se fora. Fica a lição para as mulheres! Nunca baixar a cabeça!

Daniela Daniela 15 de Setembro de 2009 às 11:35

Embora não seja um tema original está muito bem interpretado e devia servir de exemplo para varias mulheres. Para mim o melhor filme de Jennifer. A menina desempenha o papel de forma estupenda.