A Residência Espanhola (2002)

L' Auberge Espagnole

poster

Sinopse

Um grupo de estudantes - um francês, uma espanhola, um italiano, uma inglesa, um dinamarquês, uma belga e um alemão - acabam por se juntar em Barcelona através do programa ERASMUS. Ao partilhar um apartamento, esta comunidade de diferentes culturas vai viver uma série de aventuras que mudará o rumo da vida de cada um.



Visitantes
Visitantes
3.6 (62 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.5

Detalhes

Ano: 2002
Estreia nacional: 29 de Novembro de 2002
Estreia mundial: 19 de Junho de 2002

País: Espanha, França
Género: Comédia

Realização:
Cédric Klapisch

Intérpretes:
Romain Duris, Cecile Defrance, Judith Godreche, Audrey Tautou

Outros títulos:
Euro Pudding

Links:
www.marsfilms.com/auberge (site oficial)
www.marsfilms.com/site/auberge/video/baauberge.mov (trailers)

Filmes relacionados

As Bonecas Russas (2005)

A crítica

(...) começa como uma sátira à eurocracia da educação, torna-se numa actualização dos velhos «filmes de estudantes» sobre a adaptação de um jovem a um país estranho e aos companheiros de residência,... mais ››
Eurico de Barros, Diário de Notícias
(...) por que será que o seu filme de duas horas parece ter tanta palha para burro, tanta conversa, tantas personagens e situações desdobráveis que acabam por fazer o espectador sair cansado da sala... mais ››
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 3 de Agosto de 2012 às 04:41

É um filme razoável, embora esperasse um pouco mais.

3.0/5Maria Inês Maria Inês 11 de Maio de 2012 às 19:16

Um filme em que tudo acontece mas nada acontece, parece não haver uma história e, no entanto, achei-o interessante. Parecia um pouco uma estética de televisão ou filme amador, com alguns momentos de crítica, mas conta uma aventura.

Tem personagens bastante realistas, com o bónus de mostrar a cidade de Barcelona e o que é uma verdadeira vida de Erasmus com todas as complicações que podem surgir!
Como o próprio diz - uma história de "descolagem", de um crescimento, ainda que não seja uma verdadeira obra prima.

3.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 17 de Julho de 2009 às 23:08

A história tinha muito por onde pegar, tinham imenso potencial e, no fim, acaba por ser um filme medíocre, que pouco ou nada acrescenta. A juntar a isso, as interpretações são muito fracas.
3/5 (devido à base do argumento)