(1999)

Stir of Echoes

poster

Sinopse

Tom Witzky (Kevin Bacon) é um homem de classe média, um simples homem de família que está prestes a viver uma experiência fora do normal, com o outro mundo. Não importa que Tom não acredite em espíritos, porque agora um espírito começou a acreditar seriamente nele. Tudo começa quando, inocentemente, Tom concorda em ser hipnotizado numa festa com um grupo de amigos. Nessa noite, ele é possuído por imagens perturbadoras e sonhos alucinantes. Então, começa a ver coisas que não consegue explicar e ouvir vozes que não pode ignorar e a viver uma vida que, subitamente, não é a dele. Mais tarde, as visões sobrenaturais de Tom, começam a tornar-se realidade, como peças de um puzzle, como ecos de um crime por resolver. Alarmado, tenta fazer desaparecer estes misteriosos poderes, mas não consegue resistir e investigar este mistério que está a consumir a sua vida, só para descobrir um horrendo crime, um espírito perturbado e o terrível preço a pagar por tudo isso.
[por Hugo Gomes]



Visitantes
Visitantes
3.3 (63 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.0

Detalhes

Ano: 1999

País: EUA
Género: Thriller, Terror

Realização:
David Koepp

Intérpretes:
Kevin Bacon, Kathryn Erbe, Illeana Douglas, Liza Weil, Jennifer Morrison

Links:
www.stirofechoes.com (site oficial)

Blogs

3.0/5Stir of Echoes, por Sarah Queiroz
Não é um filme de outro mundo, é competente, mas mediano. E isso, neste caso, é um aspecto positivo. É daqueles filmes perfeitos para um serão de sexta à noite que, não sendo espectacular, continua a ter a capacidade de captar a atenção do espectador, vivendo sobretudo da atmosfera envolvente que cria.”
depoisdocinema.blogspot.pt, 6/Set/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

2.5/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 12 de Junho de 2011 às 14:29

É um filme mediano, que entretém mas que não passa muito disso. Não sendo espectacular, é positivo.

3.5/5Frankie Freaky Frankie Freaky 5 de Novembro de 2010 às 11:25

Um thriller tenso e intenso, genuinamente interpretado por Bacon, cujo principal trunfo é a atmosfera envolvente que consegue criar ao longo de toda a acção.

Apesar da sua possível previsibilidade, o filme tem o condão de captar constantemente a atenção do espectador, sem que, para isso, tenha de usar e abusar de artifícios externos ao mesmo.

A ver, para amantes do género.

*135º comentário cinematográfico*

3.0/5Valverde Valverde 7 de Maio de 2010 às 16:01

Vive sobretudo da interpetação de Kevin Bacon, depois o resto é competente, não entra em palhaçadas faceis dentro deste genero e como tal, é um filme positivo.