(2002)

poster

a crítica

(...) um filme peculiar, cumprindo a promessa de juntar alguma diferença a essa qualidade, tantas vezes equívoca, da «independência» (...) É AGORA OU NUNCA é um filme bastante sedutor, bastante «certo», a merecer uma espreitadela”
Luís Miguel Oliveira, Público
Talvez um dos melhores filmes independentes do ano (...) Jennifer Aniston tem uma interpretação notável na figura da «good girl»”
Manuel Cintra Ferreira, Expresso