Confissões de uma Mente Perigosa (2002)

Confessions of a Dangerous Mind

poster

Sinopse

Chuck Barris (Sam Rockwell), um jovem e dinâmico produtor televisivo, é abordado por um homem que o quer recrutar para a CIA. No topo da carreira, Chuck é um produtor de tv de dia e agente de noite, perdendo depressa o controlo da sua vida...



Visitantes
Visitantes
3.5 (50 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2002
Estreia nacional: 11 de Abril de 2003
Estreia mundial: 31 de Dezembro de 2002

País: EUA
Género: Drama, Comédia, Acção

Realização:
George Clooney

Intérpretes:
Sam Rockwell, Drew Barrymore, George Clooney, Julia Roberts, Rutger Hauer, Maggie Gyllenhaal, Michael Cera

Links:
www.miramax.com/confessions (site oficial)
a772.g.akamai.net/5/772/51/382830804a7f0d/1a1a1aaa2198c62... (trailers)

A crítica

É um facto: não se esperaria um filme tão bem feito como este. Esquecendo por um momento o argumento de Charlie Kaufman, convém sublinhar que há um olho cinematográfico que vê longe em Clooney e uma... mais ››
João Miguel Tavares, Diário de Notícias
Como costuma acontecer em filmes realizados por actores, há algo de profundamente insubstituível na relação entre um determinado actor e uma determinada personagem, que acaba também por determinar o... mais ››
Luís Miguel Oliveira, Público

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Valverde Valverde 17 de Outubro de 2007 às 11:39

É um filme pouco falado. No entanto mais do que um filme de George Clooney, é um filme de Charlie Kaufman, que talvez é o melhor argumentista da acutalidade.
Boémio e irreverente, Confissões de Uma Mente Perigosa traz-nos a ambição humana e a retrete que a acompanha no seu interior.
Rockwell é genial.

PS: É pena Rockwell e Kaufman não terem fichas aqui no ptgate

3.5/5Rolling-Murray Rolling-Murray 9 de Julho de 2007 às 17:03

Descobri este filme apenas muito recentemente, e não nego que o maior chamariz para o ver foi o argumento ser da autoria de um "tal" Charlie Kaufman. É um bom filme, apesar de inferior a um Eternal Sunshine of a Spotless Mind ou a um Being John Malkovich. Sam Rockwell está muito bem... Qual não foi o meu espanto quando dei de caras com ele no Charlie's Angels durante um zapping... lol

Pedro Mendes
Pedro Mendes 22 de Setembro de 2006

Sam Rockwell é um excelente actor, e esta estreia do Clooney na realização sim senhor, muito bom.