Bowling for Columbine (2002)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

5.0/5Valverde Valverde 22 de Fevereiro de 2010 às 01:27

É quase num acto anti-americanismo que Michael Moore nos exibe este documentário. Ainda assim, a forma nua e crua com que ele nos mostra a nação mais importante do mundo, como um bando de idiotas dados a tradicionalismos estupidos, faz com que da nossa parte, estejamos muito satisfeitos por viver-mos num país onde ainda se resolve os problemas á "pêra" e não á pistolada.

André Filipe Moreira Santos André Filipe Moreira Santos 21 de Abril de 2009 às 03:42

Grande documentário. Achei ridículo várias pessoas culparem Marylin Manson pelo atentado de Columbine, tipo qualquer dia pode dar-me na cabeça, sair às ruas e matar pessoas só por ouvir música dele...
Charlton Heston numa atitude condenável quando Moore lhe mostra aquela foto...

4.0/5ff ff 11 de Outubro de 2008 às 09:51

grande documentario, dos melhores que ja vi. Retrata com toda a ironia e frieza a violencia nos eua, em que alguma partes, de tao ridiculo, da vontade de rir.
Muitissimo bem construido

5.0/5Filmes Filmes 5 de Março de 2008 às 15:37

Documentário muito bem realizado e produzido. Alerta para um problema real e bastante grave nos Estados Unidos e aponta para aquilo que acha ser a principal causa do número de mortes e acidentes por arma nos Estados Unidos e acho que faz toda a lógica sinceramente. Uma óptima crítica à sociedade norte-americana também.

1.5/5Filipe Nunes Filipe Nunes 11 de Outubro de 2007 às 22:43

Vindo de quem vem, não surpreende...mais uma pessegada, de plástico. Tudo o que acontece nos EUA é culpa de Bush! Documentário claramente populista (como são todos os deste sr.), sem qualquer interesse. Ou melhor, serve para mostrar que gente burra existe em todo o lado..

Pedro Almeida
Pedro Almeida 16 de Abril de 2007

Brilhante.

mourao
mourao 28 de Agosto de 2006

Documentário a reter.Um tema delicado como a questão das armas, é abordada com grande mestria por parte de um dos maiores comediantes americanos, e o resultado é uma sátira sem precedentes do cinema actual.
Uma critica mordaz que não se prende so com a sociedade americana,mas sim com a sociedade contemporânea.

Miguel Valente
Miguel Valente 10 de Maio de 2005

é tão acutilante como a realidade (era filme para 5 estrelas se não fosse tão demagogico)

EWILAN
EWILAN 2 de Abril de 2005

Muito bom. A crítica perspicaz de Moore é óptima para nos abrir os olhos. 4*

carlos borges
carlos borges 11 de Abril de 2004

Espectacular !!!!Põe à vista o que é a sociedade americana que pretendem "exportar" para fora do país !!!