Depois da Noite (2002)

poster

a crítica

[Vincent Perez] conseguiu, na sua primeira longa-metragem, também escrita por si, produzir uma obra consistente, curiosa e original (...) Um filme misterioso e saudavelmente místico.”
João Miguel Tavares, Diário de Notícias
O mínimo que se pode dizer é que só por este filme não se fica com muita vontade de conhecer os outros. Não é que haja alguma coisa de fundamentalmente errado; não há, é até um filme bastante correcto e seguro. Mas também não há nada de particularmente estimulante”
Luís Miguel Oliveira, Público