Os Fugitivos (2003)

poster

a crítica

Téchiné constrói um filme sólido, que seguimos com interesse, aqui e ali com espanto, acolá com um assomo de desilusão. De um enorme cineasta espera-se sempre o melhor, e este não é, por certo, de uma colheita «vintage».”
Jorge Leitão Ramos, Expresso