Anything Else - A Vida e Tudo o Mais (2003)

poster

a crítica

Que novidades traz (...) ANYTHING ELSE? Nenhuma, na medida em digere, baralha e voltar a dar os dados conhecidos. Todas, se aceitarmos a premissa de que qualquer variação é um diferente contributo para o todo (...) cada vez mais se sai de um Woody Allen com o sorriso amargo de quem teve que engolir o riso.”
Mário Jorge Torres, Público
A VIDA E TUDO O MAIS é o filme mais cómico de Allen dos últimos tempos. Há nele uma vitalidade que estava ausente da crise de meia-idade de HOLLYWOOD ENDING, com Woody a capitalizar o seu novo «character»”
Kathleen Gomes, Público