(2003)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.0/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 27 de Abril de 2011 às 17:34

É um filme pobrezinho e sensaborão. É completamente dispensável. Tudo nele é mal aproveitado, a começar pelo elenco, e Kevin Bacon é o exemplo mais gritante disso. Não vale a pena.

Bruno Bruno 5 de Abril de 2009 às 10:04

é demasiado "escuro"

2.5/5jonas jonas 2 de Outubro de 2008 às 15:36

mauzinho de facto...nao cativa minimamente..tem o bruto para ser trabalhado mas nao foi bem aproveitado...2.5*

1.0/5onomatopeias onomatopeias 11 de Julho de 2008 às 19:53

Este thriller prova que um filme com um elenco de celebridades pode ser mau.
Muito "deja vu".
Ha personagens que podiam nao entrar,pois nada alteraria o filme...
O filme nao parece ser da mesma realizadora do "Piano".

Ana Salomé
Ana Salomé 3 de Março de 2005

Em In the Cut Jane campion soube fazer de Mark Ruffalo o verdadeiro ,irresistivel e maior sedutor de toda a história do cinema, aquele homem que todas as mulheres têm estado à espera, e que nos faz querer vê-lo mais e mais, ñ pela sua beleza, ñ pelo andar nem pelo tocar mas por tudo ao mesmo tempo. Uma historia de amor onde o par é perfeito. Um filme que perde um pouco pela sua previsibilidade e cenas excessivas de sexo (quase explicito) mas que fora isso é um romance arrebatador.

Ana patrícia Duarte
Ana patrícia Duarte 29 de Julho de 2004

A unica coisa boa que este filme tem é o facto de ter sido produzido pela Nicole Kidman,porque de resto é mesmo muito mau.