O Anti-Pai Natal (2003)

poster

a crítica

Eis um filme de Natal rebelde e não menos generoso, assinado por um nome a reter do cinema independente americano; uma comédia humana que não teme o sentimentalismo da quadra festiva”
Francisco Ferreira, Expresso
Tem certamente uma excelente ideia (...) e tem a desfaçatez de contrariar, plano a plano, frase a frase, os códigos do politicamente correcto filme natalício. Isso é bom, é mesmo muito bom. Mas não tem mais nada para lá dessa ideia.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso