Bully - Estranhas Amizades (2001)

poster

a crítica

Não estamos perante um tratado de sociologia, nem face a qualquer pretensão 'normativa' típica de um vulgar programa de televisão (...) Servido por um espantoso leque de actores (...) Bully acaba por ser uma afirmação invulgar da vitalidade do mais recente realismo cinematográfico americano.”
João Lopes, Premiere
Clark está sempre a fazer o mesmo filme, com os mesmos miúdos (...) é como aqueles velhos pervertidos que coleccionam pornografia teenager ao mesmo tempo que se queixam da falta de vergonha da juventude actual.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias