(2004)

poster

a crítica

(...) esperava-se um pouco mais. Esperava-se uma irreverência mais sofisticada e um sentido de festa ainda mais exuberante (...) o espírito de diabrura humorística ao qual ultimamente estávamos habituados esfria. Joga-se mais pelo segura, arrisca-se menos.”
Rui Pedro Tendinha, Premiere
(...) é uma paródia das giras que aqui se figura. Mais uma animação com laivos do que é «politicamente incorrecto» (...) Muito divertido.”
António Cabrita, Expresso