O Novo Diário de Bridget Jones (2004)

Bridget Jones: The Edge of Reason

poster

Sinopse

Finalmente Bridget (Zellweger) encontrou o amor. Há seis semanas que namora Mark (Firth), que é atencioso e dedicado. Apesar disso, Bridget não se cansa de questionar tudo na vida e tem um ataque de ciúmes quando Mark tem uma nova e estonteante estagiária. E, para complicar, o seu ex-patrão Daniel (Grant) volta à sua vida.



Visitantes
Visitantes
2.8 (133 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
1.5

Detalhes

Ano: 2004
Estreia nacional: 18 de Novembro de 2004
Estreia mundial: 10 de Novembro de 2004

País: Reino Unido
Género: Comédia, Romance

Realização:
Beeban Kidron

Intérpretes:
Renée Zellweger, Colin Firth, Hugh Grant, Jim Broadbent, Jacinda Barrett, Shirley Henderson, James Callis

Links:
www.bridgetjonesmovie.com (site oficial)
www.apple.com/trailers/universal/theedgeofreason (trailers)
www.imdb.com/title/tt0317198

Filmes relacionados

O Diário de Bridget Jones (2001)

A crítica

O NOVO DIÁRIO DE BRIDGET JONES não reinventa, não impressiona, só acresenta mais páginas à mesma comédia romântica.”
Vítor Moura, Premiere
(...) serve os mesmos ingredientes, mas o prazo de validade passou: as mesmas personagens, as mesmas conversas, as mesmas preocupações, em versão esvaída e escanzelada. Bastante mais apalermada,... mais ››
Luís Miguel Oliveira, Público

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 16 de Dezembro de 2012 às 03:56

Na senda do primeiro. Vê-se bem, mas sem acrescentar muito mais. Sexismos à parte suponho que tanto este como o anterior digam muito mais às mulheres do que aos homens.

3.0/5Maaaaaaat Daaamooooon Maaaaaaat Daaamooooon 26 de Setembro de 2009 às 16:58

"É basicamente a mesma coisa que o primeiro filme, não traz nada de novo excepto uma Bridget Jones sobre o efeito de cogumelos mas isso não é razão para gastar 1h40 do nosso tempo, não deixa de ter alguns momentos divertidos como o coro e a música da Madonna, isso é só um dos momentos divertidos mas não compensa muito e é como se o filme não tivesse razão para ter sido feito, excepto por dinheiro"

3*

Jimmy Osório
Jimmy Osório 18 de Abril de 2006

Luís Miguel Oliveira diz tudo:

"serve os mesmos ingredientes, mas o prazo de validade passou: as mesmas personagens, as mesmas conversas, as mesmas preocupações, em versão esvaída e escanzelada. Bastante mais apalermada, também: se Bridget Jones, no primeiro filme, já parecia meia-tontinha, agora está completamente parvinha, degenerescência que afecta todas as personagens"
2*/5*