Uma Canção de Amor (2004)

A Love Song for Bobby Long

poster

Sinopse

Ao saber da morte da mãe, a jovem Purslane (Johansson) regressa à sua terra natal pela primeira vez em vários anos. Purslane espera encontrar a casa abandonada, mas é surpreendida ao constatar que é habitada por dois amigos da mãe: Bobby Long (Travolta), um professor de literatura, e Lawson Pines (Macht), o seu protegido. Sem qualquer intenção de abandonar a casa, os três são obrigados a coabitar.



Visitantes
Visitantes
3.7 (47 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2004
Estreia nacional: 05 de Maio de 2005

País: EUA
Género: Drama

Realização:
Shainee Gabel

Intérpretes:
John Travolta, Scarlett Johansson, Gabriel Macht, Deborah Kara Unger, Dane Rhodes

Links:
www.alovesongforbobbylongmovie.com (site oficial)
videodetective.com/home.asp?publishedid=172770 (trailers)
www.imdb.com/title/tt0369672

A crítica

ver todas
Não obstante a estilização à indie norte-americano das fraquezas e forças humanas, tem personagens densas, que riem e choram ao sabor das extraordinárias interpretações do trio de protagonistas.”
Maria do Carmo Piçarra, Premiere
Filme que, pouco a pouco, caminha para a caução e mesmo para a citação literárias, para uma sensação de «falso reprimido» onde o mundo se prende por fios. Um academismo de primeira obra”
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Valverde Valverde 28 de Março de 2010 às 02:58

Um filme absulutamente poético que se nota á distancia que é tirado com profundo respeito por cada página do livro de onde é adpatado. E como se costuma diz, maus livros não existem, este filme conseguiu ser diferente e no bom sentido.

4.0/5Liliana Liliana 1 de Setembro de 2009 às 13:05

O título do filme pode sugerir algo diferente... É principalmente um drama, uma história de amizade e de ligação entre 3 pessoas, não uma história de amor convencional. As 3 personagens são muito singulares (sombrias, talvez), brilhantemente interpretadas pelo trio de protagonistas (fiquei realmente surpreendida com John Travolta, pela sincera interiorização da personagem, e com Gabriel Macht, que neste filme não é um "menino bonito", e é apenas alguém que tem várias fraquezas e igualmente vários pontos fortes, ou seja, um personagem muito humano... demonstrou ser um actor muitíssimo talentoso.

O argumento é muito interessante, mas o filme não segue o caminho que eu esperaria (ou gostaria). Acaba por ser uma história comum contada de forma diferente. Gostei bastante. 4*

jonas
jonas 11 de Abril de 2007

filme interessante....3.5* interpretação mt boa de john travolta