(2004)

poster

a crítica

(...) podia ser só uma questão de executar ou não o plano, mas o mais fascinante de MEAN CREEK é como abre caminho a todas as hipóteses, como lança pistas para depois as reavaliar, como desequilibra o chão que pisa.”
Kathleen Gomes, Público
Um filme que parece estar algures entre BULLY e FIM-DE-SEMANA ALUCINANTE, mas consegue ser mais do que um cruzamento acrítico das duas obras (...) UMA PEQUENA VINGANÇA triunfa justamente onde BULLY falhava”
Vasco Baptista Marques, Expresso