A Marcha dos Pinguins (2005)

La Marche de l'Empereur

poster

Sinopse

Todos os Invernos, nos implacáveis desertos de gelo da Antártida, bem longe no local mais inóspito ao cimo da Terra, tem lugar uma viagem verdadeiramente extraordinária, efectuada da mesma forma há milénios. Pinguins Imperadores, aos milhares, abandonam a segurança das águas de azul cristalino onde habitam, e trepam para a superfície gelada, para dar início à sua longa jornada para uma região tão erma e tão extrema que não alberga nenhuma outra forma de vida, nesta época do ano. Em fila indiana, os pinguins marcham cegos pelas tempestades de neve, feridos pela força das rajadas de vento. Resolutos, indómitos, levados pela irresistível necessidade de se reproduzir, para assegurar a sobrevivência da espécie. Guiados pelo instinto, por uma força quase sobrenatural, dirigem-se sem falhar para o seu tradicional local de reprodução onde – após um ritual de complexas danças e delicados movimentos, acompanhados por uma cacofonia de arrebatadas canções – juntam-se em casais monógamos e acasalam. Mas a história não fica por aqui…



Visitantes
Visitantes
3.6 (67 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
4.5

Detalhes

Ano: 2005
Estreia nacional: 03 de Novembro de 2005
Estreia mundial: 26 de Janeiro de 2005

País: França
Género: Documentário

Realização:
Luc Jacquet

Intérpretes:
Romane Bohringer, Charles Berling, Jules Sitruk

Outros títulos:
The Emperor's Journey

Links:
www.marchofthepenguins.com (site oficial)
www.apple.com/trailers/warner_independent_pictures/marcho... (trailers)
www.imdb.com/title/tt0428803

A crítica

(...) o tom pomposo e barroco da narração escrita por Jacquet e Michel Fessler menoriza estas imagens extraordinárias e a própria viagem dos pinguins, sabota-lhes a grandiosidade, reduz tudo a uma... mais ››
Jorge Mourinha, Público
Imagens de cortar a respiração num documentário sobre a reprodução do pinguim imperador dos confins gelados da Antárctida, justificam amplamente este fita. Mas a antropomorfização dos bichos e a... mais ››
Jorge Leitão Ramos, Expresso

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Frederico Daniel Frederico Daniel 8 de Abril de 2016 às 23:52

5.0/5Valverde Valverde 29 de Dezembro de 2010 às 21:19

Estamos perante um dos mais poderosos documentários desta última década. A viagem dos corajosos pinguins é contada de tal forma que serve de exemplo e de ilustração ao homem e à sua forma de viver, ficando a mensagem que estes curiosos animais movem-se por um instinto que não é muito diferente do nosso, que vai desde a luta, a separação, a perseverança e o amor. Magnifica obra!

4.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 13 de Abril de 2009 às 20:41

Uma experiência muito interessante, com um resultado final lindíssimo, misturando as esmagadoras (embora desoladas) paisagens antárticas com o próprio encanto do pinguim-imperador em si e do seu modo de vida altruísta e empenhado. Não podia deixar também de referir a fabulosa banda-sonora da autoria de Emilie Simon, que "casa" de modo perfeito com as imagens que nos deleitam a vista. Só de pensar que nos EUA a banda-sonora foi trocada por uma mais convencional devido ao facto de a original ter sido considerado "demasiado exigente" para o público nativo deixa-me satisfeito por viver neste cantinho da Europa.