Na Sua Pele (2005)

poster

a crítica

Em primeiro lugar, os diálogos são extremamente bem escritos e bem-humorados. Por outro lado, o olhar de Curtis Hanson acompanha os acontecimentos quase sempre com subtileza. Por fim, Diaz, Collette e MacLaine têm aqui interpretações notáveis.”
Vítor Moura, Premiere
Hanson foge do excesso que fazia falta ao cerne do conflito; não há «pathos», apenas uma ligeireza incómoda no tratamento das personagens; o final feliz concilia o que nunca se apresentara como ruptura e descontinuidade.”
Luís Miguel Oliveira, Público