(2005)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.0/5Maria Inês Maria Inês 13 de Março de 2011 às 19:35

Sinceramente, não gostei muito. Apesar de perceber que quiseram fazer um filme atípico, com algum humor e até meio irónico, acho que o final acaba por ser um pouco aborrecido e apesar de ter um grande elenco, não gosto de certas cenas que parecem ter sido feitas só para chocar e pronto...

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 6 de Setembro de 2009 às 14:47

Gostei bastante do filme. Tem excelentes interpretações e mostra bem o que os soldados passam longe de casa.

4*

mngolo mngolo 21 de Setembro de 2008 às 01:32

porcaria de filme não percebi o motivo de lhe chamarem grande obra, não gostei de nada neste filme

4.0/5ATown.DR ATown.DR 28 de Abril de 2008 às 21:49

Pessoalmente apreciei bastante, os actores, a fotografia, o argumento, etc. tudo excelente. Então a cena final dos disparos para o céu à volta das fogueiras é fantástica... e estranhamente libertadora.
Um filme de guerra atípico.

3.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 11 de Fevereiro de 2008 às 21:03

Um dos poucos filmes feitos sobre a primeira guerra do Golfo que, apesar de algumas virtudes como o excelente elenco, fica ainda assim a alguma distância do antecessor Three Kings que o bate claramente, inclusive no campo da crítica satírica.

4.0/5kimERA kimERA 4 de Fevereiro de 2008 às 02:18

Um verdadeiro paradoxo este filme. O desespero e a impotência de homens que não podem fazer aquilo para que foram treinados. A cena da sniper retrata bem isso.

5.0/5dragoonfire dragoonfire 22 de Agosto de 2007 às 17:46

Gostei

Filipe Nunes
Filipe Nunes 25 de Fevereiro de 2007

Diferente dos habituais filmes de guerra e, por isso mesmo, excelente. Sem ser uma obra intemporal, está muito bem conseguida, com uma brilhante interpretação de Jake Gyllenhall. Em relação a Sam Mendes, este filme é superior ao Road to Perdition, mas muito inferior ao American Beauty (sabendo que se tratam, claramente, de géneros diferentes). Um filme que merece um visionamento atento

nvargas
nvargas 6 de Fevereiro de 2007

Francamente esperava mais de Sam Mendes depois de American Beauty e Road to Perdition. Prestações mais ou menos conseguidas mas não deu "feeling". Fraquito

Chazito
Chazito 19 de Junho de 2006

n e grande coisa mas, como ja foi dito vale pela imagem e pelos actores...

João Ribeiro
João Ribeiro 14 de Maio de 2006

a genialidade deste filme é o facto de demonstrar um dos lados mais estúpidos de uma guerra toda ela exclusivamente dirigida aos "gulosos" do petróleo (ou seja, dinheiro). mostra como é possivel adquirir um trauma pós-guerra sem dar um único tiro. Irónico não é... =)

elcost
elcost 4 de Fevereiro de 2006

Vale pela consciência e pela imagem. Não é profundo mas raspa.

Jimmy Osório
Jimmy Osório 29 de Janeiro de 2006

Sinceramente estava a espera de mais, pois ia a procura de um filme de guerra autentica,com mts tiros e mortes.Mas não, o que encontrei foi um filme que com uma simplicidade consegue mostrar um lado da guerra brutal,onde nem todos concordam com a luta que o país os obrigou a aceitar.Grandes interpretações, e um Jamie Foxx em grande. O filme dá para ser interpretado de várias maneiras, depende de nós própios.Recomendável a todo o espectador interessado em bons filmes 3.5*

Kr3ss93
Kr3ss93 29 de Janeiro de 2006

esperava mais deste filme, mas vê-se bem 3,5*

Manuel Manuel "Damit" 14 de Janeiro de 2006

Gostei bastante! As actuaçõess Jamie Foxx e do Gyllenhal foram muuuuuito boas, e sem duvida é o melhor filme de guerra que vi desde o black hawk down! Aconcelho muito o filme, mas não estejam a espera de ver um filme com muitas cenas de acção e de guerra, não tem quase nenhuma!

dUmb
dUmb 14 de Janeiro de 2006

Impossivel analisar ou comentar este filme visto que é de outra dimensão! É diferente, destructivo,profundo e todos os actores se moldam perfeitamente as personagens. As músicas fazem parte da imagem que por sí só é belíssima e a critica transparente não só nos da uma lição como também da um certo valor ao filme por, numa época tão complicada, conseguir transmitir um serio problema desta fabulosa maneira. Um filme para recordar e uma lição aprendida. Muito muito interessante e vedadeiramente imperdivel.

Jorge P
Jorge P 13 de Janeiro de 2006

Um Nojo de filme não vale nada dá sono é muito paresido com elizabethtown outro nojo de filme

Carlos Varandas
Carlos Varandas 13 de Janeiro de 2006

Um grande filme de Sam Mendes na linha dos seus antecessores; tendo como pano de fundo a Guerra do Golfo, mas nem por isso deixando de ser actual, mostra com realismo a vida de um grupo de fuzileiros norte-americanos, os seus sentimentos, pensamentos, dramas e dúvidas. Com uma veia sempre muito irónica e divertida, a primeira parte do filme capta imediatamente a atenção do espectador; na segunda parte do filme tenta-se mostrar que por vezes na guerra existe um inimigo pior que o inimigo; eles próprios. Está muito bom o filme, embora essa quebra que ocorre da primeira parte para a segunda, aliada ao tamanho, na minha opinião excessivo do filme, manchar um pouco o trabalho espectacular de Sam Mendes. Mesmo assim, seguramente um forte candidato a alguns óscares. Imperdível.