O Novo Mundo (2005)

poster

a crítica

O NOVO MUNDO é inspirado numa simples história de amor, mas Malick transforma-a numa obra grandiosa, com dimensão operática, um tanto imprecisa do ponto de vista histórico, excessivamente perfeccionista, mas que configura um dos mais belos e deslumbrantes filmes que estrearam nos últimos tempos (...) Uma obra-prima.”
José Vieira Mendes, Premiere
O NOVO MUNDO perde muito comparado com A BARREIRA INVISÍVEL. Trata-se, como efeito, de uma obra que se deixa fragmentar em dois episódios onde o filme anterior se afirmava como um todo orgânico, e onde o virtuosismo de Malick parece estar mais interessado em ver-se do que em dar a ver.”
Vasco Baptista Marques, Expresso