O Paraíso, Agora! (2005)

Paradise Now

poster

Sinopse

"O Paraíso, Agora!" segue dois amigos de infância palestinianos que foram recrutados para um atentado em Tel Aviv e centra-se nos seus últimos dias juntos. Quando eles são interceptados e separados na fronteira de Israel, uma jovem que descobre os seus planos leva-os a reconsiderarem as suas acções.



Visitantes
Visitantes
4.0 (29 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2005
Estreia nacional: 31 de Agosto de 2006 (#18 na 1ª semana)
Estreia mundial: 07 de Setembro de 2005

País: Holanda, Israel, França, Alemanha
Género: Drama, Crime

Realização:
Hany Abu-Assad

Intérpretes:
Kais Nashef, Ali Suliman, Lubna Azabal

Links:
wip.warnerbros.com/paradisenow (site oficial)
www.apple.com/trailers/warner_independent_pictures/paradi... (trailers)
www.imdb.com/title/tt0445620

A crítica

(...) a verdade é que o realizador e argumento Hany Abu-Assad não só brinca (por estranho que pareça, existe sentido de humor) como filma com invulgar contenção e inteligência (...) só isto, só esta... mais ››
João Miguel Tavares, Premiere

Blogs

4.0/5Crítica - Paradise Now
São notáveis as interpretações dos protagonistas nomeadamente no modo como transmitem a evolução psicológica operada nos dois jovens palestinianos a partir do momento em que sabem que foram escolhidos para mártires. A escolha dos cenários e fotografia são cuidados e contribuem fortemente para a criação de uma tensão que só se distende na luz branca final que encerra o filme.”
Portal Cinema, 29/Mai/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

5.0/5Valverde Valverde 14 de Julho de 2010 às 02:04

Um olhar ajuizado sobre uma luta entre palestinianos e israelitas. A forma como é honesto a transpor-se e é adjacente a todos os motivos de ambos os lados e, claro, como cinematográficamente é um filme dotado de qualidades acima da média, estamos por isso perante uma pequena obra de valor e que merece ser vista e analisada.

dragoonfire dragoonfire 30 de Julho de 2007 às 22:55

Estava a espera de best...

Carlos Varandas
Carlos Varandas 14 de Março de 2006

Realista, uma obra profunda que se centra nos últimos dias que antecedem a partida de dois mártires palestinianos para Israel. É dada enfase aos sentimentos sentidos por estas personagens, aos seus medos, hesitações.
Também é bastante cauteloso, no sentido em que não toma partido de nenhuma das partes, limitando-se a expor as razões de cada um dos lados.
Bastante interessante.