O Código Da Vinci (2006)

The Da Vinci Code

poster

Sinopse

Enquanto está em Paris em trabalho, o simbologista de Harvard Robert Langdon (Tom Hanks) recebe um telefonema urgente: o velho curador do Louvre foi assassinado no interior do museu. Perto do corpo, a polícia encontrou uma cifra. Quando resolve a adivinha enigmática, Langdon fica espantado ao descobrir que conduz a um trilho de pistas escondidas no trabalho de Da Vinci, pistas visíveis por todos e no entanto engenhosamente disfarçadas pelo pintor. Langdon junta-se a uma criptóloga francesa, Sophie Neveu (Audrey Tautou) e descobre que o curador estava envolvido com o Priorado de Sião, uma sociedade secreta. A menos que Landgon e Neveu consigam decifrar o enigma a tempo, o segredo do Priorado desparecerá para sempre.



Visitantes
Visitantes
3.4 (347 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.0

Detalhes

Ano: 2006
Estreia nacional: 18 de Maio de 2006 (#1 na 1ª semana)
Estreia mundial: 17 de Maio de 2006

País: EUA
Género: Thriller

Realização:
Ron Howard

Intérpretes:
Tom Hanks, Audrey Tautou, Ian McKellen, Jean Reno, Alfred Molina, Paul Bettany, Jürgen Prochnow

Links:
www.sonypictures.com/movies/thedavincicode (site oficial)
www.apple.com/trailers/sony_pictures/da_vinci_code (trailers)
www.impawards.com/2006/da_vinci_code.html
www.imdb.com/title/tt0382625

Filmes relacionados

Anjos e Demónios (2009)

A crítica

Akiva Goldsman escreveu um argumento que sintetiza o essencial da riqueza informativa do livro, mas não supera a sua pobreza descritiva. A informação vai sendo exposta, mas as personagens interessam... mais ››
Sérgio Dias Branco, Premiere
(...) não é «thriller» que se preze e tem cenas de acção dignas de um amador, como aquele inacreditável fuga de avião para Londres. A estrutura é a de um mau jogo de vídeo, a colar à pressa os... mais ››
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

ver todos
2.5/5Crítica: O Código Da Vinci / The Da Vinci Code (2006)
O Código Da Vinci não é inteiramente lastimável ou errante na direcção da sua narrativa, contudo derreia na sua credibilidade e essência, unidireccional às provocações religiosas. E só por isso, vale bem a pena a visualização - pelo ataque às doutrinas fanáticas, e ao reaviver das grandes calamidades executadas em nome da fé.”
seeSAWseen, 21/Dez/2009
2.0/5Crítica - The Da Vinci Code
A comercialização da história do livro resultou num argumento pouco profundo que não explica devidamente os principais acontecimentos da história. O superficialismo da obra alastra-se à débil construção das personagens e à realização capitalista de Ron Howard que apostou em inúmeros elementos de acção para tentar rentabilizar uma história que não precisava dessas artimanhas para vincar junto do público”
Portal Cinema, 13/Mai/2009
2.0/5The Da Vinci Code
um filme nervoso, por ter medo de ofender alguém mas sem realmente o fazer, além dos enigmas ser descodificados a uma velocidade recorde, ainda temos direito a uma patética demonstração de uma fuga de um avião. Mais interessado em ganhar fortunas de que ser realmente um entretenimento de culto, vale mais visitar o museu do Louvre que propriamente perder tempo neste filme, que realmente não possui sequer uma bela imagem desse mesmo museu.”
Cinematograficamente falando, 29/Set/2007
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

2.0/5Mike20 Mike20 17 de Junho de 2010 às 18:59

FRACO FRACO FRACO!
A primeira vez que vi o filme, não tinha lido o livro e até achei interessante...
Recentemente li o livro e decidi ver o filme de seguida... Que grande porcaria! A história foi completamente deturpada, certos pormenores não foram omitidos... foram simplesmente substituidos sem razão nenhuma! Nenhum enigma dura tempo suficiente para se tornar empolgante! A história Silas/Aringarosa foi a mais distorcida, com a diabolização das personagens, tornando especialmente Silas numa espécie de psicopata barato... Temos Langdom a certa altura a defender vigorosamente a Igreja... coisa que eu não me lembro no livro... E aquela conversa do "Eu caí num poço..." e bla bla bla é ridicula!
Estocada final... Precisamente o final! Todo mudado para um sem jeito nenhum, e sem nessecidade nenhuma. O final do livro é muito melhor em todos os aspectos...
Eu não pedia para passarem para um filme aquela quantidade colossal de informação... era capaz de adormecer, mas um bocadinho mais de respeito por uma obra desta magnitude (falo obviamente do livro) não era nada mal pensado. 2*

PS: Ja li que quem vai tratar de adaptar para cinema o "Simbolo Perdido", é o próprio Dan Brown. Espero que ele não ceda a parvoices e faça um bom trabalho, até porque o livro está excelente.

4.0/5João Xará João Xará 28 de Janeiro de 2010 às 15:50

Filme do melhor :).
Adoro este tipo de histórias!

2.0/5Vitinha Vitinha 31 de Janeiro de 2009 às 15:35

gostei do fim de resto e tudo muito complicado,talvez quem tenha lido o livro que nao é o meu caso tenha percebido o filme com facilidade mas eu pouco percebi,se for este o caso o filme é mau porque não deve ser unicamente dirigido a quem leu o livro,agora se for limitação minha,tenho pena por nao ter atingido o filme mas dou nota 2,gostava de ler o livro por curiosidade e acredito que seja muito superior a este filme como toda a gente acha