Vanitas (2004)

poster

Sinopse

Nela Calheiros, uma estilista portuense no apogeu da sua carreira, tomou-se de amores pela filha de uma costureira do seu atelier - a perturbante Mila. Nela tirou Mila de um modesto lar e projectou-a para a ribalta do mundo da moda. À volta da luz lunar de Mila gravitam três homens por ela apaixonados: o padrasto Augusto, chefe dos coveiros do cemitério Prado do Repouso; o sedutor Alfredo, seu primo direito e ex-presidiário; Justino, surdo-mudo, fiel servidor da manequim. Apesar de endeusada por todos, Mila entra num estranho processo de desamor de si - sentimentos de culpa, crises de anorexia, extremo cansaço - que parece condená-la a um fim próximo e funesto...



Visitantes
Visitantes
2.4 (6 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
2.0 (2 votos)

Detalhes

Ano: 2004
Estreia nacional: 30 de Março de 2006

País: Portugal
Género: Drama

Realização:
Paulo Rocha

Intérpretes:
Isabel Ruth, Joana Bárcia, Filipe Cochofel

Links:
www.atalantafilmes.pt/2006/vanitas (site oficial)
www.atalantafilmes.pt/2006/vanitas/trailer.htm (trailers)
www.imdb.com/title/tt0778893

A crítica

ver todas
(...) dói tanto mais quanto é um filme de que consigo gostar, em vertigem, sem que a razão objectiva me diga que é uma obra que o justifica. Mas esboçado do que, na verdade, construído”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
VANITAS acaba por nunca conseguir coalescer num objecto coerente. Há, apenas, um bom ponto de partida que se vai perdendo lentamente, deixando os actores entregues a si próprios sem personagens para... mais ››
Jorge Mourinha, Público

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

Duarte Nuno
Duarte Nuno 30 de Março de 2006

Acho que a única coisa que posso dizer é Muito Mau.
Uma história simples e muito básica, com pormenores de realização muito fracos.
Conclusão, andam a ser mal distribuídos os subsídios para a produção de longas-metragens em Portugal.
Muita gente a sair a meio do filme como protesto à qualidade do filme.
Não recomendo este filme ao meu pior inimigo.