Hollywoodland (2006)

poster

a crítica

[Adrien Brody] devolve alguma insegurança e gravidade dramática ao papel (...) E é essa louvável opção formal que devolve uma certa elegância criativa ao filme, ainda que a gestão que o argumento faz das suas histórias e respectivos anacronismos seja limitada e formalmente pouco interessante.”
Tiago Pimentel, Premiere
(...) filme em que, para além dos sólidos valores de produção, se estabelece uma ficção dramática, bem ancorada por um elenco de peso”
Jorge Leitão Ramos, Expresso