Inland Empire (2006)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

alex alex 10 de Janeiro de 2010 às 19:53

Só agora vi este filme e posso dizer que era o unico filme do David Lynch que ainda não tinha visto.
Confesso que estava á espera de melhor, apesar de perceber o registo que ele quis dar ao filme, mesmo assim acho que se excedeu demasiado num argumento extremamente labirintico.
Não posso dizer que não gostei, mas sinceramente esperava outra coisa, de qualquer forma apreciei muito o ambiente surrealista que foi mais uma vez criado e adorei o trabalho da Laura Dern e do actor Harry Dean Stanton, que mais uma vez faz um papel curto mas muito intenso com a sua personagem, quem não se lembra dele no "Paris Texas" e tambem numa "Historia Simples".

José Pinto José Pinto 6 de Janeiro de 2010 às 20:55

Sem qualquer dúvida, o pior filme que já vi na vida. Por mais voltas que se dê(esse de deixar a lógica de lado é fabuloso), são três horas de um filme perturbador, stressante e várias vezes, ridiculo. E eu que até gostei do Mulholland Drive, não esperava um filme tão mau por parte do David Lynch. O que me deixa surpreendido é que este esteja tão bem cotado tanto na crítica como no público em geral.

Para quem está a pensar ver este filme, desaconselho seriamente, e recomendo que dê uma vista de olhos neste site- ("http://tonyrockyhorrorstoplists.atspace.com/top15_sick.html")-para ver se vale mesmo a pena.

Já vi filmes muito maus, mas este é o primeiro que vejo que merece uma pontuacao 1/10.

3.0/5Valverde Valverde 6 de Novembro de 2008 às 01:35

Se Lynch foi criando até aqui um conjunto de figuras e ambientes que foram pouco a pouco dando vida ao seu mundo enigmático, em Inland Empire, o realizador injecta, de forma agressiva e sem qualquer necessidade de identificação com o "nosso mundo", todas as suas mentais e psicodélicas encruzilhadas de um pesadelo sem fim.

alexandre alexandre 29 de Julho de 2008 às 14:01

Este filme não foi feito para ser lógico, foi feito para transmitir sensações. A maior parte do filme gira à volta de constantes e sucessivas alucinações de uma mulher apaixonada e obcecada pelo medo. Todas as portas e todos os labirintos, todos aqueles demónios interiores (representados por aquele grupo de mulheres também alucinadas)transmitem-nos a ideia da psique daquela actriz, perdida nas suas próprias alucinações. Conseguimos sentir pena daquela mulher, que simplesmente se perdeu em si própria. O filme é muito bom, mexe com as sensações, a lógica é para ser deixada de lado.

4.5/5Giancarlo Giancarlo 2 de Janeiro de 2008 às 23:43

O filme mais confuso de Lynch que já ví. Mas não significa um filme ruim. É complicado, para poucos apreciadores, difícil de digerir.

1.0/5farilhao farilhao 24 de Novembro de 2007 às 01:31

Tens insónias, aqui está o remédio, em três tempos estás a dormir.

5.0/5brooks brooks 9 de Outubro de 2007 às 15:17

Magnifico ***** 5 estrelas

2.5/5Dora Marques Dora Marques 17 de Setembro de 2007 às 15:05

Foi o pior filme que vi do Lynch...não gostei mesmo.

Miguel
Miguel 15 de Fevereiro de 2007

Bem segundo informações que obtive o filme estreia a 05/04/2007 com o apoio da antena 3 ;)

miguel
miguel 27 de Dezembro de 2006

alguem sabe para qd a estreia deste filme?