Pecados Íntimos (2006)

Little Children

poster

Sinopse

Pecados Íntimos relata a história de dois casais, recentemente casados, que vivem na mesma comunidade e cujas vidas se vão interligar de maneiras muito perigosas.



Visitantes
Visitantes
3.9 (164 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.5

Detalhes

Ano: 2006
Estreia nacional: 01 de Fevereiro de 2007 (#7 na 1ª semana)
Estreia mundial: 06 de Outubro de 2006

País: EUA
Género: Drama, Crime
Duração: 130 min.
Classificação: M/16
Distribuidora: Ecofilmes/Vitória Filme

Realização:
Todd Field

Intérpretes:
Kate Winslet, Jennifer Connelly, Patrick Wilson, Jackie Earle Haley

Links:
www.littlechildrenmovie.com (site oficial)
www.apple.com/trailers/newline/littlechildren/ (trailers)
www.imdb.com/title/tt0404203

A crítica

Inevitavelmente, tudo se precipita, mas não de forma previsível e esse é o grande trunfo desta história”
Vítor Moura, Premiere

Blogs

ver todos
4.0/5Pecados Íntimos / Little Children
o filme tem o condão de mostrar cenas banais do quotidiano e imprimir-lhes força e significado, com personagens que podem personificar qualquer pessoa, de tão "comuns" que são”
Bué de fitas, 10/Mar/2011
4.5/5Pecados Íntimos
Grande filme. Melodrama meticuloso, profundamente analítico tanto nos meandros da sociologia como nos recantos sombrios da psicologia (aliás, serve perfeitamente os propósitos desta última), flui tensa e intensamente num argumento assaz bem escrito da autoria de Todd Field; que, diga-se, realiza muito bem o filme. Sem pudores e sem medos, eis um olhar crítico, envolvente e por demais pertinente sobre a sexualidade e as relações humanas, os desejos e as frustrações, e a responsabilidade da paternidade numa sociedade assombrada pelos receios e perigos de proximidade com a pedofilia.”
Cineroad, 24/Mai/2009
4.5/5DVD: Pecados Íntimos, por Tiago Ramos
Little Children não recorre a artifícios como a fantasia para revelar todo o seu conteúdo, faz uso absoluto, acima de tudo, dos personagens e do narrador enquanto veículo de sensações, pensamentos e sentimentos.”
Split Screen, 10/Abr/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Mónica Bonjour Mónica Bonjour 23 de Março de 2012 às 15:54

simples mas muito bom... Uma realidade bem perto das nossas vidas.

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 4 de Junho de 2011 às 13:57

É um bom filme, de facto e bem realizado. Tem excelentes interpretações sobretudo do Jackie Earle Haley. O final precipita-se duma forma estranha ainda assim não belisca a sua qualidade.

4.0/5João Ferreira João Ferreira 13 de Fevereiro de 2011 às 11:07

Gostei muito do filme, dá-nos uma excelente perspectiva sobre os pensamentos humanos. 4*