(2007)

poster

a crítica

Quinto filme da adaptação da saga literária de Harry Potter que pretende levar-nos até ao lado mais obscuro do rapaz feiticeiro e das intrigas de Lord Voldemort. Esta segue, contudo, exactamente a mesma cadência das histórias anteriores, relegando todas as decisões importantes para o fim, perdendo-se as noções do “quadro geral” e do efeito de continuidade, ambos disfarçadas com a pseudo eminência de uma guerra e com as crises de Potter perante o acréscimo de responsabilidades e das hormonas que teimam em pregar-lhe partidas. Sem ser um mau filme, «Harry Potter e a Ordem da Fénix» não está ao alcance dos anteriores e muito menos oferece algo de significativamente novo. Parece ser feito para picar o ponto, sem a magia e espectacularidade do «Cálice de Fogo» e sem a espessura argumentativa de «O Prisioneiro de Azkaban», pode dizer-se que a ser comparado, será mesmo aos dois primeiros e mais fracos filmes da série. Não deixa no entanto de ter os seus momentos inspirados que valem por si só o bilhete e uma saudável e momentânea imersão no mundo do feiticeiro mais famoso da actualidade.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
Como os outros Harry Potters, um verdadeiro protótipo do filme que ou é para fãs ou não é.”
Luís Miguel Oliveira, Público