(2006)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.5/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 17 de Maio de 2013 às 09:13

Um claro tributo ao cinema noir dos anos 40.

O filme é visualmente competente, mas demasiado emaranhado em termos de enredo.

3.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 29 de Março de 2009 às 15:16

Saúda-se neste filme a evocação de uma época e de um modo de fazer cinema que deixou saudades a muitos cinéfilos, ajudado pela belíssima fotografia e pelo enredo típico de um bom film noir. No entanto, e como já aqui pude ler, falta coração e genuidade ao filme, que lhe permita envolver o espectador para além do factor nostálgico e estético.
Não é um filme indispensável; no entanto, vale a pena ver também pelo facto de as suas características realçarem a beleza gélida e clássica da excelente Cate Blanchett.

2.5/5Hugo Gomes Hugo Gomes 4 de Dezembro de 2007 às 14:14

As diferenças deste aspirante a clássico e os verdadeiros “eus” está em alguns diálogos, cenas de sexo e um arrojo no argumento que vai contra a qualquer bom valor da época, mas o mais grave está na falta deposição de emoções humanas. Ao contrário do filme Casablanca (o qual é a maior referencia deste), as personagens são “robóticas”, apenas citam o que está no guião de uma frieza fingida, mesmo que Soderbergh tenha juntado dois grandes talentos do cinema de hoje, George Clooney (vencedor do Óscar de Melhor Actor Secundário) e Cate Blanchett (vencedor do Óscar de Melhor Actriz), reduziu-os potenciais personagens de atracção emocional em meras figuras de papelão sem emoção e composição humana.

- Cinematograficamente Falando ...

2,5/5