Hot Fuzz - Esquadrão de Província (2007)

Hot Fuzz

poster

Sinopse

Nicholas Angel, um dos melhores polícias de Londres, é destacado para pacata terreola no interior de Inglaterra. Com a adrenalina citadina substituída por reuniões de vigilância local e multas sem importância, Angel esforça-se por se adaptar às suas novas funções, nas quais "ganhou" um parceiro que sonha transformar-se em Mel Gibson. Quando o desespero já começava a apoderar-se de Angel, começa uma vaga de bizarros crimes...



Visitantes
Visitantes
3.6 (117 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
2.0 (3 votos)

Detalhes

Ano: 2007
Estreia nacional: 22 de Novembro de 2007 (#15 na 1ª semana)
Estreia mundial: 14 de Fevereiro de 2007

País: Reino Unido
Género: Comédia, Acção, Crime
Duração: 121 min.
Classificação: M/16
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Edgar Wright

Intérpretes:
Simon Pegg, Nick Frost, Jim Broadbent, Bill Nighy, Martin Freeman

Links:
www.jointhefuzz.com (site oficial)
www.workingtitlefilms.com/film.php?filmID=99 (site oficial)
www.apple.com/trailers/focus_features/hotfuzz (trailers)
www.imdb.com/title/tt0425112

A crítica

É uma das surpresas do ano: uma paródia inteligentíssima e certeira das inanes fitas de acção da escola Jerry Bruckheimer/Joel Silver (...) Vinte minutos a menos e era a comédia do ano - assim, a... mais ››
Jorge Mourinha, Público
Infelizmente, o programa não ultrapassa nunca a anedota.”
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 10 de Abril de 2011 às 20:41

Muito boa comédia com momentos verdadeiramente hilariantes.

jalfy jalfy 2 de Fevereiro de 2010 às 17:30

Muito "british" e muito divertido!

4.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 12 de Maio de 2009 às 11:48

Depois do hilariante "Shaun of the Dead", Edgar Wright, Simon Pegg e Nick Frost voltam ao campo da paródia com um toque inconfundivelmente "british" neste "Hot Fuzz". No entanto, se o primeiro se debruçava quase exclusivamente sobre o "género zombie" do qual George A. Romero é o pai(e mãe), este alarga ainda mais os seus horizontes. No início, parecemos estar perante uma comédia de situação: o superpolícia da metrópole a tentar adaptar-se ao pacato estilo de vida no campo. Pouco depois, as múltiplas aparições de uma misteriosa figura encapuzada que acabam inevitavelmente num banho de sangue (com bastante gore à mistura) são um piscar de olho ao "slasher movie" e ao "whodunnit". A revelação dos verdadeiros culpados da onda de crimes é uma homenagem ao clássico britânico "The Wicker Man". E quando parecia que "Hot Fuzz" iria acabar do mesmo modo que esse filme, eis que um volte-face inesperado faz com que tudo acabe aos tiros, facadas e piruetas (parodiando os filmes de acção norte-americanos, incluindo a óbvia cena de "Ruptura Explosiva" referida por uma personagem no início do filme).
Um excelente filme de entretenimento, recomendado para os apreciadores de humor britânico e, claro está, para aqueles com alguma cultura cinéfila.