Cenas de Natureza Sexual (2006)

Scenes of a Sexual Nature

poster

Sinopse

Amor e sexo. Alguns andam à procura, outros precisam. Uns rejeitam, outros compram. Mas estamos todos envolvidos. A única coisa que realmente nos une é a nossa tentativa de nos ligarmos uns aos outros. Seja emocional, física, subliminar ou sexualmente, como seres humanos precisamos de contactar uns com os outros. Mas quais são as regras? Como sabemos que alguém gosta ou está apaixonado por nós? Como é que decidimos ligar-nos a uma pessoa, por um momento ou para a vida inteira? A palavra mais usada quando estas questões são discutidas é “amor”. Segundo alguns grandes pensadores, o amor é uma noção inatingível, movida mais pela necessidade que pela realidade, enquanto que para outros é a única coisa que torna a vida remotamente apetecível e sem a qual seria intolerável. Passado durante uma tarde, no Parque de Hampstead Heath, em torno das existências de sete casais, «Cenas de Natureza Sexual» mostra como é que tentamos encontrá-lo e como é que nos comportamos, perante o amor, o desejo… e todas as complicações que esses sentimentos nos trazem!



Visitantes
Visitantes
2.9 (15 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2006
Estreia nacional: 25 de Abril de 2007
Estreia mundial: 03 de Novembro de 2006

País: Reino Unido
Género: Comédia, Romance
Duração: 91 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: Ecofilmes/Vitória Filme

Realização:
Ed Blum

Intérpretes:
Ewan McGregor, Sophie Okonedo, Hugh Bonneville, Eileen Atkins, Mark Strong

Links:
www.myspace.com/scenesofasexualnature (site oficial)
www.scenesofasexualnature.co.uk (site oficial)
www.scenesofasexualnature.co.uk (trailers)
www.imdb.com/title/tt0475380

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

2.0/5Maria Inês Maria Inês 10 de Março de 2011 às 23:16

Na verdade não foi assim tão bom...nem sequer tem nada assim de tão sexual XD e parece que quer explorar tanta coisa que acaba por ser um bocado aleatório e ficamos todos um bocado na mesma...

pulga1977
pulga1977 4 de Maio de 2007

Fraquinho...fraquinho... Parece um aglomerado de curtas, mas muito pouco densas e sem explorar as personagens na sua essência. Perfeitamente dispensavel.

Diz NÃO à Pirataria