Shining (1980)

poster

a crítica

Eis uma das mais exímias ficções de medo que o cinema alguma vez albergou. Genial é o adjectivo adequado.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
(...) até hoje, a melhor (mas nem por isso mais fiel) adaptação de um romance de Stephen King (...) Dos muitos pontos de relevo a salientar, destaque-se a «metamorfose» de Nicholson e o genial trabalho de som, a «roubar» à banda-imagem o centro do conflito.”
Francisco Ferreira, Expresso