Across the Universe (2007)

poster

a crítica

O programa é ambicioso, a máquina de produção é bem visível, mas a boa ideia evapora-se ao fim de poucos minutos.”
Francisco Ferreira, Expresso
Não evita algumas redundâncias, falha quando cita directamente o psicadelismo formal - são os momentos em que tudo se assemelha mais a um pastiche de época mais do que a uma reinvenção. Mas são os riscos que se correm para conseguir assinar um objecto como este, que não pede ao espectador mais do que ele próprio dá (e dá muito!), que se recusa terminantemente a ser o que os outros querem que ele seja e segue o seu próprio caminho.”
Jorge Mourinha, Público