Seda (2007)

poster

a crítica

O realizador de O VIOLINO VERMELHO volta a apelar aos saudosos de um cinema épico e romântico, onde as emoções transbordam e o ecrã se enche de beleza e sensualidade.”
João Antunes, Jornal de Notícias
O filme é mais entediante do que uma infância inteira a olhar para uma caixa de fósforos cheia de bichos a comer folhas de amoreira (...) uma história de amor que não se decide, um 'Eu Tenho Dois Amores' que em momento algum cria tensão”
Ana Markl, Sol