Halloween (2007)

poster

a crítica

Rob Zombie revitaliza um dos mais importantes filmes de terror e, mesmo sem mexer demasiado no argumento original, consegue deixar a sua marca registada, explorada em «A Casa dos 1.000 Corpos» e «Os Renegados do Diabo», que inclui laivos de referência musical e cultura white-trash.
O resultado é sem dúvida mais negro e violento do que à partida se poderia esperar, introduzindo forte carga psicológica, e sublinhando Rob Zombie como genuíno apreciador de bom cinema de horror. Uma realização competente, mas nunca deslumbrante.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate