Jogos de Poder (2007)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 22 de Abril de 2011 às 12:57

Interessante olhar sobre uma situação política importante e não muito longínqua.

3.5/5iamthestory iamthestory 4 de Janeiro de 2009 às 16:46

Não é aborrecido, muito pelo contrário, porque é bom saber que pessoas como estas existiram, por poucas pessoas que sejam ainda são estas que puderam mudar a situação caótica do mundo.
Aparte disso, pode-se dizer que apesar da presença dos excelentes actores que o protagonizam, Philip Seymour Hoffman é o que faz a melhor interpretação.

4.5/5Pedro Silveira Pedro Silveira 14 de Dezembro de 2008 às 14:50

Um filme a ser visto apenas por pessoas com um mínimo de sensibilidade política e com conhecimento mínimo de história contemporânea. Preenchendo estes requisitos, o filme é soberbo. 4.5*

dragoonfire dragoonfire 15 de Novembro de 2008 às 23:14

Concordo, é chato e aborrecido.
Não entendi nada do filme.

rui p rui p 8 de Outubro de 2008 às 22:56

Muito xato filme aborrecido

4.5/5Marisa Marisa 1 de Setembro de 2008 às 17:59

Excelente filme!
Em especial gostei do desempenho dos actores e do argumento que de facto nada tem de politicamente correcto... Pelo contrário: mostra os pontos fracos e fortes das personagens, sem querer criar um estigma. Ainda por cima teoricamente baseado na realidade.

Sim, de facto é político, mas também o eram filmes como Munique , e não perderam grandiosidade por essa razão.
Aconselho a quem valorize desempenho de actores e um diálogo fluído.

A ser visto mais que uma vez.

3.5/5pedro_msz pedro_msz 2 de Agosto de 2008 às 17:50

Sei que vou um pouco tarde, mas tenho que dar a resposta ao José. Viu por acaso as últimas frases do filme? Quando diz que é um filme que retrata os EUA como o país salvador do mundo, está bastante enganado, a mensagem do filme é exactamente a contrária a essa. Se tiver hipótese, reveja o filme e repense o seu comentário.
Na minha opinião, é um bom filme, muito político, mas faz o meu género. 3,5*

3.0/5jonas jonas 31 de Julho de 2008 às 16:36

na minha opinião um filme muito americanizado...portanto para mim nada de especial 3*

4.0/5Max Max 6 de Junho de 2008 às 21:47

Mas que belo filme!
Estou-me um bocado nas tintas se os americanos querem dar boa ou má imagem! Melhor do que nós têm concerteza porque eles fazem alguma coisa!
Mas os EUA reconheceram o erro no final! Reconheceram que estragaram tudo!

Mas sobre o filme, verídico ou não, foi muito agradável e estes 3 actores estão todos de parabéns!

2.0/5José José 9 de Março de 2008 às 18:07

Trata-se de mais um filme, à boa maneira americana, querendo retratar aquele país como o salvador do mundo.
História muito mal contada, onde não é dado a conhecer ao espectador o porquê dos Soviéticos estarem no Afeganistão. Apenas dizem que os Mujahidins são armados pelos EUA, mas não dizem que é por isso que o Afeganistão entrou numa guerra interna, alimentada pelos EUA, de tal dimensão que o governo Afegão teve de pedir ajuda externa(URSS) para travar aquele grupo armado.

Filme muito fraco.

4.5/5anateresa anateresa 29 de Fevereiro de 2008 às 22:39

gostei muito!!filme bastante interessante do ponto de vista politico

3.5/5Bruno César Bruno César 11 de Fevereiro de 2008 às 12:11

Um bom filme político que consegue retractar bem a época da guerra no Afeganistão. Com um elenco de luxo pode dizer-se que não se pode fazer um mau filme e com a qualidade das representações e uma boa história o sucesso é garantido. Um filme que vai agradar mais às pessoas que conheçam a história do conflito e que gostem das lutas políticas. Neste filme vemos como as correctas movimentações nas esferas políticas levam a soluções para o que se quer.

3.0/5Rui Francisco Pereira Rui Francisco Pereira 8 de Fevereiro de 2008 às 13:42

Muito políctico e demasiado americano.
Fica apenas a boa interpretação de Philip Seymour Hoffman.

lpalmeida lpalmeida 5 de Fevereiro de 2008 às 22:14

Não consegui acabar de ver o filme!!!
Aborrecido qb...

3.5/5João Fernandes João Fernandes 2 de Fevereiro de 2008 às 17:38

Gostei mas prometia muito e acabou por não ser bem assim.
Mesmo assim está um bom filme, com excelente elenco.
Recomendo
3.5

3.5/5Carlos Varandas Carlos Varandas 1 de Fevereiro de 2008 às 16:57

Um drama muito jovial e relaxante... Vê-se bem.

Anton Ni Brahonain Anton Ni Brahonain 24 de Janeiro de 2008 às 11:41

O realizador deste filme, consegue contar esta história, quase irreal, num registo suficientemente dinâmico, por vezes aplicando um sentido de humor satirizante, o que o torna numa história leve, apesar do dramatismo mostrado nalgumas cenas! Enaltece o sentido de justiça individual e a capacidade que cada um de nós possui para mudar o mundo.

4.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 21 de Janeiro de 2008 às 17:42

Uma boa sátira política, a fazer lembrar o brilhante Wag the Dog de Barry Levinson. Seymour Hoffman está (novamente) em grande.

4.5/5Hugo Gomes Hugo Gomes 11 de Janeiro de 2008 às 23:16

Charlie Wilson’s War retrata temas sérios de uma maneira mais despreocupada, pouco ortodoxa, mas eficaz, construindo assim um filme do mais equilibrado nível.

- Cinematograficamente Falando...

5.0/5KordeiroWar KordeiroWar 9 de Janeiro de 2008 às 20:01

Filme mt bom fala de assuntos bem interessantes e tem um bom elenco

5.0/5shopgirl shopgirl 8 de Janeiro de 2008 às 12:38

Adorei!
Mais uma vez, e sem surpresa,um optimo filme com Tom Hanks.Gostei imenso do "tempero" comico que ele conferiu ao personagem.Foi brilhante como uma situação séria, e que mudou o mundo, foi retratada de uma forma descontraída e apelativa.
Parabéns a todos.

3.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 5 de Janeiro de 2008 às 11:04

Filme interessante. Contudo, o ritmo lento, constante, torna-o, por vezes, um pouco aborrecido. Mesmo assim, as interpretações de Philip S. Hoffman e de Tom Hanks, aliados a uma história interessante e cativante, conseguem trazer o filme para um patamar elevado.15/20

5.0/5shopgirl shopgirl 12 de Dezembro de 2007 às 12:20

O Tom Hanks é o meu actor favorito,mal posso esperar pela estreia em portugal do novo filme dele"O Poder de Charlie Wilson".Já vi o trailer em inglês e adorei vê-lo com a igualmente fantastica Julia Roberts.