Sedução, Conspiração (2007)

Lust, Caution

poster

Sinopse

II Guerra Mundial, 1942. Em Xangai, a ocupação japonesa continua. A sofisticada Sra. Mak entra num café, faz um telefonema e senta-se à espera. Recorda como a sua história começou em 1938... Ela não é de facto a Sra. Mak, mas a tímida Wong Chia Chi, abandonada pelo pai, que fugiu para Inglaterra. Enquanto caloira na universidade, Wong conhece o colega Kuang, que começou um grupo de teatro com sentido patriótico. Wong apercebe-se de que encontrou o seu chamamento: comover e inspirar o público - e Kuang. Ela e um grupo de estudantes elaboram um ambicioso plano para assassinar um colaborador de topo, o Sr. Yee. Cada um tem o seu papel, e a Wong cabe o da Sra. Mak, que deverá conquistar e seduzir Yee. Mas nem tudo decorre como planeado. Em 1941, sem fim da ocupação à vista, Kuang reentra na vida de Wong. Agora parte da resistência organizada, Kuang convence Wong a voltar ao papel de Sra. Mak, numa segunda tentativa de matar Yee...



Visitantes
Visitantes
3.8 (43 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
3.0 (12 votos)

Detalhes

Ano: 2007
Estreia nacional: 31 de Janeiro de 2008
Estreia mundial: 24 de Setembro de 2007

País: Hong Kong, China, Taiwan, EUA
Género: Drama, Thriller
Duração: 148 min.
Classificação: M/18
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Ang Lee

Intérpretes:
Tony Leung Chiu Wai, Wei Tang, Joan Chen

Outros títulos:
Desejo e Perigo (Brasil)

Links:
www.bvi.com.tw/movies/lust_caution (site oficial)
www.filminfocus.com/lustcaution (site oficial)
www.apple.com/trailers/focus_features/lustcaution (trailers)
www.imdb.com/title/tt0808357

A crítica

ver todas
(...) não é de paz mas de contradições, pulsões, estremecimentos que vive a arte - o cinema - que vale a pena. SEDUÇÃO, CONSPIRAÇÃO pertence a essa família.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
De facto, porque é incapaz de ancorar as acções que descreve num ponto de vista, SEDUÇÃO, CONSPIRAÇÃO desdobra-se em acontecimentos que parecem acontecer a ninguém em particular e deixa que as suas... mais ››
Vasco Baptista Marques, Expresso

Blogs

"Se, Jie - Sedução, Conspiração"
Estamos perante um thriller arrojado e mergulhado numa atmosfera neo-noir de prender a respiração, e de quase 3 horas passadas a voar”
pipocasetretas.wordpress.com, 4/Jan/2009
4.0/5Lust, Caution
O trabalho de Ang Lee é forte e experiente, no que revela num resultado elegante e exótico.”
Cinematograficamente falando, 5/Fev/2008
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 19 de Abril de 2009 às 15:39

Ang Lee é definitivamente um dos cineastas contemporâneos de estilo mais elegante, e quase arrisco dizer que não sabe fazer um mau filme - sim, também sou daqueles (poucos) que acharam o seu "Hulk" um bom filme, com uma profundidade incomum num filme de super-heróis.
Este "Sedução, Conspiração" é no fundo uma homenagem ao estilo "noir", mantendo no entanto bem vincada a marca registada do realizador taiwanês, que filma histórias de amor complexas e quase impossíveis como ninguém.
Tony Leung é também, hoje em dia, um nome incontornável no cinema asiático, sendo presença habitual em trabalhos de nomes como Lee, Wong Kar Wai e Zhang Yimou, sempre com reconhecida categoria.
Uma última palavra para as cenas eróticas do filme, do mais explícito e realista que vi nos últimos tempos, e para a longa duração (quase 3 horas) que, como já aqui foi dito, passam quase sem que se note.

4.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 20 de Setembro de 2008 às 16:48

Com um Tony Leung fantástico e num registo completamente diferente, Ang Lee apresenta-nos uma China dualista: ora decandente e pobre, ora opulenta e elitista. E como Lee não é um qualquer, este filme é muito bom, com desempenhos, para além de Leung, surpreendentes.
4/5

4.0/5Luis Carvalho Luis Carvalho 9 de Setembro de 2008 às 00:46

Ang Lee aparece aqui com a sua melhor obra, uma bela história, bem contada e com um ambiente que nos transporta para dentro do drama, em que no final tudo é justificado...
Enfim uma história em que se mistura uma relação que começa quase a roçar o sado, e que acaba na prova perfeita da sinseridade que ultrapassa a paixão, tornando-se amor. Um bom filme sem dúvida.