Este País Não É Para Velhos (2007)

No Country for Old Men

poster

Sinopse

Texas, década de 80. Um traficante de drogas é encontrado no deserto por um caçador pouco esperto, Llewelyn Moss (Josh Brolin), que pega numa mala cheia de dinheiro mesmo sabendo que em breve alguém irá procurá-lo por isso. Logo Anton Chigurh (Javier Bardem), um assassino psicótico sem sentido de humor e piedade, é enviado à sua procura. Porém, para alcançar Moss, ele precisará de passar pelo xerife local, Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones).
[por Frederico Silva]



Visitantes
Visitantes
3.7 (273 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.5
Crítica
Crítica
3.9 (15 votos)

Detalhes

Ano: 2007
Estreia nacional: 28 de Fevereiro de 2008 (#1 na 1ª semana)
Estreia mundial: 09 de Novembro de 2007

País: EUA
Género: Crime, Thriller
Duração: 122 min.
Classificação: M/18
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Ethan Coen, Joel Coen

Intérpretes:
Tommy Lee Jones, Javier Bardem, Josh Brolin, Woody Harrelson

Outros títulos:
Onde os Fracos Não Têm Vez (Brasil)

Links:
www.nocountryforoldmen-themovie.com (site oficial)
www.apple.com/trailers/miramax/nocountryforoldmen (trailers)
www.bilhetemagico.com/index.php?option=com_content&task=v...
www.imdb.com/title/tt0477348

A crítica

ver todas
Eis a consagrada obra dos irmãos Coen, vencedora de quatro Óscares da Academia de Hollywood naquela que foi a mais fraca cerimónia, em termos da... mais ››
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
O melhor filmes dos Coen desde FARGO, é aquele que revela o melhor do seu cinema”
Tiago Alves, Jornal de Notícias

Blogs

ver todos
5.0/5Este País Não É Para Velhos
Raras são as vezes em que, com tamanha mestria e perfeição, fotografia, montagem e realização se elevam em uníssono harmonioso na concepção de um filme tão bom.”
Cineroad, 30/Jan/2009
A Grande Caçada
Apesar de tudo, meus amigos, não nos podemos esquecer que "No Country For Old Men" é um filme muito bem filmado, com grandes interpretações e uma fotografia magistral e será certamente um filme para recordar.”
Cineblog, 3/Mar/2008
4.5/5No Country for Old Men
No Country For Old Men provavelmente será daqui a 5 anos um eventual novo clássico (...) Bem escrito, bem realizado (duas cabeças, pensam melhor que uma), bem fotografado (há que destacar a primorosa fotografia) e bem interpretado (mais um vez tenho que tirar o chapéu a Bardem, como o melhor psicopata desde Hannibal Lecter de Anthony Hopkins). Vencedor merecedor!”
Cinematograficamente falando, 2/Mar/2008
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 25 de Agosto de 2013 às 00:58

Este é um filme muito bom mas que provavelmente não entra facilmente nos preferidos de toda a gente, como foi o meu caso. Este é daqueles que merece bem uma segunda visualização. Tem excelentes interpretações (Bardem, sobretudo) e é sobre elas que o filme assenta pois a história é quase relegada para segundo plano. Quanto ao final, não sei o que dizer dele.

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 15 de Maio de 2011 às 11:47

Não é um filme arrebatador, à primeira vista. Vive de subtilezas e pormenores. Na minha opinião, o seu ponto exponencial é a interpretação brutal de Javier Bardem, que chegou a deixar-me desconfortável. Vê-se muito bem. É um filme bastante rico.

4.5/5Mike20 Mike20 16 de Junho de 2010 às 22:13

Excelente!
Mistura todos ingredientes de um bom filme, todos na quantidade certa e no ponto certo... Altamente metafórico, não é um filme para a pipoca. 4,5*