O Olho (2008)

The Eye

poster

Sinopse

Sydney Wells (Jessica Alba) é uma talentosa e independente violinista de Los Angeles que ficou cega num acidente de infância. Após a operação de transplante de córnea pela qual esperou a vida inteira, começa a ter visões inexplicáveis. Farão as visões parte do processo de adaptação? Serão apenas fruto da sua imaginação? Ou serão algo terrivelmente real? Quando a sua família e amigos começam a duvidar da sua sanidade, Sydney decide descobrir quem foi o seu dador, pois está convencida que foi alguém que abriu uma porta para um mundo tenebroso que agora apenas ela consegue ver.



Visitantes
Visitantes
2.7 (93 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.5
galeria

Detalhes

Ano: 2008
Estreia nacional: 17 de Abril de 2008 (#8 na 1ª semana)
Estreia mundial: 01 de Fevereiro de 2008

País: EUA
Género: Terror, Thriller
Duração: 98 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: LNK

Realização:
David Moreau, Xavier Palud

Intérpretes:
Jessica Alba, Alessandro Nivola, Parker Posey

Outros títulos:
O Olho do Mal (Brasil)

Links:
www.lionsgate.com/theeye (site oficial)
www.apple.com/trailers/lions_gate/theeye2007 (trailers)
www.imdb.com/title/tt0406759

Filmes relacionados

(2002)

Blogs

3.0/5The Eye (2008)
...é o tipo de filme que entretém, funcionando talvez como uma boa aposta para quem deseja entrar neste género cinematográfico, já que se aproxima mais de um thriller sobrenatural do que propriamente de um filme de terror.”
Golden Ticket, 24/Dez/2009
2.0/5The Eye
Os efeitos especiais são previsíveis neste tipo de produções, e com o erro de serem demasiados vistosos o que afasta á partida qualquer momento de tensão e clima de horror. Mais um remake para a lista.”
Cinematograficamente falando, 23/Abr/2008
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.5/5Bruno Ricardo Moreira da Costa Bruno Ricardo Moreira da Costa 27 de Maio de 2015 às 19:10

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 27 de Junho de 2011 às 11:28

Achei o argumento bastante interessante. Pena que seja uma cópia do original asiático...

3.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 3 de Abril de 2011 às 14:26

Tem alguns momentos de tensão, mas basicamente esperava mais. Parte de uma premissa interessante que me parece mal aproveitada. Não é mau mas dava para mais.