[Rec] (2007)

poster

a crítica

(...) o mais recente triunfo do bom cinema que «nuestros hermanos» têm andado a fazer.”
Marco Oliveira, Premiere
falta entusiasmo e empenho a REC, que tomba demasiado depressa na chapa-quatro do lugar-comum (...) sublinhada pelo despropositado histerismo de comboio-fantasma da última meia hora”
Jorge Mourinha, Público