Mamma Mia! (2008)

poster

Sinopse

Uma mãe solteira, independente, que tem um pequeno hotel numa idílica ilha grega, Donna (Meryl Streep), está prestes a ter de deixar partir Sophie (Amanda Seyfried), a filha que criou sozinha. Para o casamento de Sophie, Donna convidou duas das suas melhores amigas - a prática e hilariante Rosie (Julie Walters) e a multi-divorciada Tanya (Christine Baranski) - as quais pertenciam à sua banda de outrora, «Donna and the Dynamos». Mas Sophie, secretamente, também convidou três pessoas. Na tentativa de encontrar o seu pai, ao qual estaria destinado levar a noiva ao altar, ela convidou três dos homens do passado de Donna. Em cerca de 24 horas mágicas e caóticas, surgirão novos romances e renascerão antigos, naquela que parece a ilha de todas as possibilidades.



Visitantes
Visitantes
3.4 (225 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.5
Crítica
Crítica
2.1 (15 votos)

Detalhes

Ano: 2008
Estreia nacional: 04 de Setembro de 2008 (#1 na 1ª semana)

País: Reino Unido, EUA, Alemanha
Género: Musical, Comédia, Romance
Duração: 108 min.
Classificação: M/6
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Phyllida Lloyd

Intérpretes:
Amanda Seyfried, Stellan Skarsgård, Pierce Brosnan, Colin Firth, Meryl Streep, Julie Walters

Outros títulos:
Mamma Mia! - O Filme (Brasil)

Links:
www.mammamiamovie.com (site oficial)
www.mamma-mia-themovie.co.uk (site oficial)
www.apple.com/trailers/universal/mammamia (trailers)
www.imdb.com/title/tt0795421

A crítica

ver todas
Phyllida Lloyd, coreógrafa do show original, denota inexperiência na realização, pouco exuberante e com erros crassos na captura de imagem. O triunfo encontra-se no contágio e celebração, dose... mais ››
Jorge Pinto, Premiere
O que acaba por surpreender mais em MAMMA MIA! é o facto de Catherine Johnson e Judy Craymer terem conseguido encontrar um fio condutor que permite a canções criadas isoladamente fazerem sentido... mais ››
Jorge Mourinha, Público

Blogs

ver todos
3.5/5Mamma Mia! (2008)
Há que admitir que o argumento da história é bastante vazio. Ainda assim, “Mamma Mia!” acaba por ser um produto agradável, bem disposto e que permite ao espectador disfrutar ao máximo cada minuto das famosas canções da banda que, mesmo após o seu fim, continua a conquistar fãs por todo o mundo.”
Golden Ticket, 25/Jul/2009
2.0/5DVD: Mamma Mia!, por Tiago Ramos
Acima de tudo, a impressão que fica é que a narrativa cansativa de Mamma Mia! foi sobrevalorizada por saudosismos.”
Split Screen, 1/Abr/2009
2.5/5Crítica: Mamma Mia! (2008)
o argumento não é fraco. Simplesmente não existe. (...) Com Mamma Mia! somos levados numa viagem de uma vivacidade incrível, mas que, não passa disso.”
seeSAWseen, 24/Mar/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.