(2008)

poster

Sugerir blog


Se achar que merecemos, p.f. coloque um link para esta p‡gina. Agradecemos o seu contributo!

Para submeter um link faça login ou registe-se

blogs

4.0/5Taken | by: Beautifuldreams
"Neste triller de suspense a ação não pará, o telespectador sente-se quase perseguido, devido à agitação imparável da câmara. Que apesar de ser uma produção francesa, baseada nas películas norte-americanas, está bastante bom o filme."”
beautifuldreams.blog.pt, 21/Jul/2014
4.0/5Busca implacável
Liam Neeson interpreta brilhantemente a sua personagem. As suas expressões e tom de voz são de grande categoria. É o bad-ass do ano! Ele destrói tudo e mata quem quer que se atravesse á frente. E nunca antes soube tão bem ver alguém ser morto a sangue frio.”
em35mm.blogs.sapo.pt, 29/Dez/2008
3.5/5"Taken" por Nuno Reis
"Taken" tinha tudo para ser um mau filme. A história não é apelativa (tem mesmo algo de ridículo), o actor parece uma escolha inconcebível para o papel, é difícil esperar algo de bom. Mesmo assim garanto que quem o for ver não sairá desiludido.”
Antestreia, 26/Dez/2008
TAKEN
Este foi um filme que me surpreendeu, pela positiva, fui vêr sem qualquer expectativa (só pra não ficar em casa ...) e acabei por dar o tempo e dinheiro por bem aproveitado. Trata-se de um filme com um bom desempenho por parte de Liam Neeson, onde a acção e o guião, estão bem conseguidos, aborda a questão do rapto de mulheres para posterior exploração sexual ... provavelmente um pouco excessivo, quando comparado com a realidade, no que diz respeito ao uso dos meios para punir "maus da fita".”
simnema.blogspot.com, 27/Nov/2008
Busca Implacável
Precisamente no ano em que James Bond busca vingança pela morte da mulher amada (Quantum of Solace), Liam Neeson mostra que não é preciso rejuvenescer um agente secreto para que este faça o impossível.”
axasteoque.blogspot.com, 7/Nov/2008
Não deixem passar ao lado este "Taken"…
Liam Neeson confirma o seu grande estatuto como actor, tendo precisamente uma cena que faz dele o grande trunfo deste “Taken” (aquela em que ele se encontra ao telefone com a sua filha e pouco tempo depois com o raptor).”
Ante-cinema, 4/Nov/2008
2.5/5Taken (2008)
De resto estamos perante de um filme de puro delírio, cheio de adrenalina, inverosimilhanças agradáveis de se ver e tudo nos conformes para a boa disposição, mesmo que o tema seja triste. Tudo isto deriva a uma premissa simples, banal e previsível até ao último minuto, eis que os “maus da fita” estão condenados após a sua primeira aparição no ecrã. O fundo do comércio humano é apenas mais um pretexto para reutilizar histórias deste género.”
Cinematograficamente falando, 14/Out/2008