Entre os Dedos (2008)

poster

a crítica

(...) é quase uma geografia do sofrimento urbano onde cada personagem está metido num buraco cavado pela solidão (...) quem sabia que Luís Filipe Rocha podia ter tanta intensidade, tanto desespero surdo nos ombros, na voz e no olhar?”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
Guedes e Serra assinaram uma história da vida real, avessa aos simplismos, artifícios e piedades da televisão, e muito bem interpretada.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias