Mulheres! (2008)

poster

a crítica

(...) filme onde não se encontra qualquer ideia de cinema e onde o elenco (com a excepção de Annette Bening) representa uma rábula sem entender a personagem”
Manuel Cintra Ferreira, Expresso
A realização de Diane English não aguenta nenhum tipo de comparação com o original, mas tem o mérito de tentar uma revitalização de um certo melodrama feminino alheio ao "feminismo" patético de SEXO E A CIDADE e seus descendentes.”
João Lopes, Diário de Notícias