(2008)

poster

a crítica

«Austrália» é um épico sensaborão com fortes influências do cinema clássico americano, que transpira ambição por todo o lado. Baz Luhrmann concretizou esta aventura cheia de emoções fortes, com duas cintilantes estrelas do cinema contemporâneo, Nicole Kidman, no seu papel mais forte desde «Moulin Rouge!» (onde curiosamente também foi dirigida por Luhrmann) e o cada vez mais aplaudido Hugh Jackman, um daqueles actores cujo carisma sustenta grande parte dos filmes em que entra. Mas por tanto querer referenciar «Austrália» com os dramalhões do cinema clássico americano, Luhrmann esquece-se de dar ao filme uma identidade vincada, que se sustente pelo próprio pé. Sendo, no entanto, o objectivo do filme ser um pastiche épico-trágico, podemos dizer que o objectivo acaba por ser totalmente atingido.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
Baz Luhrmann impinge-nos o seu habitual toque visual, e o elenco corresponde às expectativas, mas o filme, no seu todo, é tão seco como o próprio deserto australiano.”
Marco Oliveira, Premiere