Milk (2008)

poster

Sugerir blog


Se achar que merecemos, p.f. coloque um link para esta p‡gina. Agradecemos o seu contributo!

Para submeter um link faça login ou registe-se

blogs

5.0/5Crítica: Milk (2008)
Contido em emoção gratuita, Milk transcede um portentoso odor a frustração, que os enérgicos e rebaixados homossexuais combatem, e essa infindável batalha alastra-se por todo o corpo, que em possíveis composições melodramáticas não se afunda, e alcança consequentemente a credibilidade requerida a meio de solidificar não uma assinatura cinematográfica incrível, mas um âmago altruísta, sofrido e convincente; que despe uma censura prepotente e um preconceito intragável, reprimido súbtilmente e em grande força.”
seeSAWseen, 21/Jun/2009
5.0/5Milk
Um triunfo sensível, delicado e de muito bom gosto. Gus Van Sant eleva com subtileza e inconfundível mestria este biopic de pura essência a um patamar inegavelmente superior. Milk revela-se, portanto, um autêntico e sublime pedaço de arte.”
Cineroad, 19/Jun/2009
4.5/5Milk (2008)
Sant está mais maduro e criativo como autor, mas é em Sean Penn que as atenções estão centradas, naquilo que se pode chamar de desempenho de uma vida. Um dos melhores filmes biográficos dos últimos anos.”
Cinematograficamente falando, 22/Fev/2009
5.0/5Milk, por Carlos Antunes
Sean Penn é – mais uma vez – brilhante, numa interpretação que por si só valeria todo o filme. Felizmente, está devidamente acompanhado pelos mais talentosos artesãos, Van Sant e Lance Black. Um trio que sente verdadeiramente Harvey Milk e o significado extraordinário da sua vida, com toda a desarmante admiração, apreço e carinho que se poderiam pedir de um projecto assim.”
Split Screen, 19/Fev/2009
"Milk"
Gus Van Sant, Sean Penn, Dustin Lance Black: a fórmula ideal para um retrato perfeito de um dos líderes políticos mais marcantes e corajosos dos tempos modernos? Partindo da premissa de que a perfeição é inatingível, acho que, caso Harvey Milk estivesse vivo para ver este incrível obra de arte, ficaria, mais do que aprovador, verdadeiramente orgulhoso.”
pipocasetretas.wordpress.com, 16/Fev/2009
4.5/5Review: Milk, por Tiago Ramos
Milk é uma das mais fortíssimas biopic já visionadas. Cada minuto da película vale a pena”
Hotvnews, 9/Fev/2009
4.0/5"Milk" por Nuno Reis
Obrigado Harvey por existires, obrigado Van Sant pelo filme.”
Antestreia, 8/Fev/2009
4.0/5Milk (2008)
As imagens reais da época permitem ao espectador um olhar mais próximo sobre aqueles tempos, assim como as imagens de fraca qualidade, as fotografias, o jogo de cores... Tudo se conjuga numa perfeita simbiose.”
Golden Ticket, 1/Fev/2009
5.0/5Crítica - Milk
É impossível alguém ficar indiferente à qualidade e às mensagem de “Milk”. A magnífica realização de Gus Van Sant transmite na perfeição uma poderosa e emocionante história sobre a igualdade e a força de acreditar nos nossos sonhos, história essa que é brilhantemente exteriorizada por um elenco extremamente competente e talentoso.”
Portal Cinema, 29/Jan/2009
4.0/5Dois filmes a não perder e a primeira falha da Academia encontrada?
No fim, as 8 nomeações aos Oscars dão para perceber que apesar de às vezes pensarmos que a Academia anda a dormir à sombra da bananeira, como aconteceu com os casos da ausência de Eastwood e Sam Mendes entre os nomeados, ainda consegue ter o bom senso de premiar filmes cheios de mensagens e poderosos a nível narrativo e conceptual.”
Ante-Cinema, 29/Jan/2009
MILK
Já há muito tempo que não me deliciava tanto numa sala de cinema. MILK está genialmente bem feito. Magistralmente bem conseguido...”
Cineroad, 29/Jan/2009
4.0/5MILK, por Mário Macedo
Milk é um dos filmes mais surpreendentes de Gus Van Sant, e apesar de ser uma das suas maiores obras, no que toca ao nível orçamental, não cai no ridículo nem se deixa subjugar pelo já tão famoso "cliché". É uma obra socialmente poderosa, que tem apenas a intenção de dar a conhecer ao mundo um homem que lutou pelo seu "mundo".”
Ante-Cinema, 27/Jan/2009
4.0/5Milk
"Milk" não é uma obra-prima mas o que faz, faz bem e apresenta uma fascinante visão sobre a vida de Harvey Milk.”
Cinema is my Life, 22/Jan/2009